Procuradoria Geral do Município ganha novas instalações

Após 9 meses de reforma, novas instalações com mobiliário e computadores modernos foram entregues




08/10/2019 | 15h21 | Foto: SupCom.

(TEXTO RETIRADO DO SITE DA PREFEITURA) - A Procuradoria Geral do Município conta com novas instalações. A inauguração das obras de reforma, com área mais ampla e mobiliário novo, aconteceu na manhã desta terça-feira (8), na sede da Prefeitura. A obra foi realizada com recursos próprios de honorários advocatícios, sem qualquer custo para o Tesouro Municipal. As novas instalações contam ainda com galeria dos ex-procuradores-gerais do Município. 


Ao lado do procurador geral do município, José Paes Neto, e do presidente da Associação dos Procuradores de Campos, Gustavo Rangel, o prefeito Rafael Diniz deu ênfase ao trabalho de reforma.  


— Como estagiário da Prefeitura, antes de passar no concurso para assessor técnico, também passei pela Procuradoria, muitas vezes atendendo na Baixada Campista e naquela época as condições já eram precárias. Ao final dessa reforma, apenas afirmo: não existe mágica. O que existe é trabalho e responsabilidade. O trabalho da Procuradoria pode não ser aparente para a população, mas é revertido em benefício dela. Agora, com melhores condições será possível prestar um trabalho mais ágil — ressaltou o prefeito ao lado da vice-prefeita, Conceição SantAnna.


Após a reforma de 9 meses, a Procuradoria ficou com 10 salas, duas copas com refeitório, quatro banheiros com acessibilidade e duas salas de reunião. Todas as instalações ganharam mobiliário novo e computadores de última geração, com modernos sistemas de dados. O setor conta com 140 servidores, incluindo estatutários, estagiários e cargos comissionados. 


— É gratificante termos agora uma Procuradoria com as condições necessárias para o servidor realizar bem seu trabalho. Quando entramos, em 2017, me assustei com o estado das instalações. E além da situação precária, não havia dados, qualquer informação sobre os processos, nenhum cadastro informatizado, nada. Essa reforma significa melhores condições de trabalho para os servidores e, em consequência, melhoria dos serviços para nossa população — disse José Paes Neto, visivelmente emocionado diante de mais de 200 presentes, entre secretários municipais, ex-procuradores gerais, vereadores, representantes da OAB/Campos e servidores.


Gustavo Rangel também destacou a importância da reforma para a melhoria dos serviços. 


— Esse é um marco para o município, porque o que antes a Procuradoria era apenas um grande salão aberto. Não havia mesa nem cadeiras para todos e faltavam armários para guardar os processos. O que vemos hoje não se imaginava há pouco tempo. E essas melhorias refletem diretamente no trabalho para a população — avaliou.  


Também prestigiaram a reinauguração da Procuradoria, representantes da Magistratura Estadual, da Magistratura do Trabalho, da Defensoria Pública e da Polícia Civil, dentre outros. José Paes Neto fez questão de homenagear, com uma placa e um buquê de flores, respectivamente, dois dos funcionários em atividade mais destacados do setor: o assessor administrativo Joalber Viana, com 40 anos de trabalho, sempre na Procuradoria, e a secretária Elizabeth Louzada, 35 de Prefeitura e 16 no setor.


Em seguida, todos visitaram as novas instalações, que incluem uma galeria com as fotos dos 12 ex-procuradores-gerais. “Fico feliz ao ver que nossos procuradores e todos na Procuradoria terão agora melhores condições para desempenhar esse importante trabalho que prestam com brilhantismo ao nosso município”, afirmou o primeiro procurador geral de Campos, Marcos Bruno, de 77 anos, que atuou entre abril de abril de 1985 a abril de 1987.