Motorista atropela seis pessoas em ponto de ônibus

Cinco das seis vítimas são da mesma família. Teste do bafômetro deu positivo




24/06/2019 08h07 Foto: Reprodução/TV Globo.

Um motorista subiu a calçada com o carro e atropelou seis pessoas em um ponto de ônibus na Via Dutra, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, na noite de domingo (23). Testemunhas contam que o condutor estava alcoolizado e teste realizado no local confirmou.


A estrutura do ponto de ônibus ficou destruída. Cinco das vítimas são da mesma família, que voltava de uma festa.


Entre os feridos estão uma criança de 3 e outra de 9 anos. Este último é o caso mais grave. Ele ficou preso na estrutura do ponto de ônibus. Os médicos avaliam se ele vai precisar de uma cirurgia. Ele está internado no Hospital Geral de Nova Iguaçu, também na Baixada.


Um jovem, de 18 anos, também foi atropelado. Luan Vitor da Silva está em observação no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias.


As vítimas contaram que policiais rodoviários federais realizaram o teste do bafômetro no motorista do carro.


“No ato que a Federal fez o bafômetro, deu 37, se eu não me engano. Trinta e sete ou trinta e pouco de álcool. Bebeu? Não pega no carro. Larga lá onde estava. Aí meu sobrinho tá internado, minha esposa tá saindo da emergência. Um outro rapaz está lá dentro. E aí, como fica a vida dos outros? A vida do povo, a vida da gente não tem mais valor?”, questionou Joselito França dos Santos, uma das vítimas.


Outra vítima cobrou mais responsabilidade. “Não foi uma fatalidade. A partir do momento que você bebe e pega a direção do carro, você assume o risco de matar. Não só você, como outras pessoas. Graças a Deus, não teve nenhuma morte. Mas tem uma criança ferida e é uma criança muito querida. A gente não quer que isso fique impune”, destacou Bianca Albuquerque, que também foi vítima do atropelamento.


O caso foi registrado na 54ª DP (Belford Roxo). De acordo com a Polícia Civil, o motorista, que é um cabo do Exército, foi ouvido e liberado. Ele prestou socorro às vítimas. O exame do bafômetro deu positivo. O condutor afirmou aos policiais que o pneu estourou e ele perdeu o controle do veículo.


Fonte: G1