Fiocruz faz alerta para piora da pandemia no inverno, que começa hoje

Segundo os pesquisadores, o padrão de transmissão do Sars-CoV-2 no país ainda é “extremamente crítico”




21/06/2021, 10h51, Foto: Divulgação.

O inverno começa nesta segunda-feira, 21, e com a mudança da estação vem um alerta importante. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) atenta para a possibilidade de um agravamento da pandemia da covid-19 já nas próximas semanas. Segundo os pesquisadores, o padrão de transmissão do Sars-CoV-2 no país ainda é “extremamente crítico”.(leia mais abaixo)


De acordo com o Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz, e 30 de maio a 12 de junho, houve um pequeno crescimento das taxas de incidência (casos novos) e de mortalidade no Brasil, com a manutenção de um platô elevado de transmissão da covid-19.(leia mais abaixo)


As taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) mostram que o quadro geral ainda é muito preocupante. Dezoito estados e o Distrito Federal apresentam taxas de ocupação de pelo menos 80%, sendo que em oito deles as taxas de ocupação são iguais ou superiores a 90%. Em relação às capitais, 16 delas estão com taxas de ocupação de pelo menos 80% e 9 com taxas iguais ou superiores a 90%.(leia mais abaixo)


A Fiocruz ainda alerta que é essencial continuar reforçando as medidas de prevenção, como o uso correto de máscaras e manter distanciamento físico e social, sempre que possível. “Somente desta forma haverá como conter a disseminação do vírus, enquanto o país não consegue avançar na cobertura vacinal adequada nas faixas etárias mais jovens”.(leia mais abaixo)


Máscara PFF2

Com a aceleração dos casos de covid-19 e o surgimento de variantes, o uso de máscaras PFF2 se apresentam como mais seguras que as de tecido. Esse modelo profissional possui um filtro eficiente para retenção de partículas contaminadas, os chamados aerossóis, que podem ficar suspensos no ar por horas, especialmente em ambientes sem ventilação. O poder de filtragem da PFF2 é superior a 95%.(leia mais abaixo)


Existem modelos com válvula, mas o mais recomendado é o sem esse mecanismo. Isso porque a válvula de exalação permite que o ar quente expelido pelo usuário saia de dentro da máscara sem ser filtrado. Dessa forma, se a máscara estiver sendo usada por uma pessoa contaminada, isso vai expor as outras pessoas que estão à volta.


Fonte: MSN