Ex-prefeito de São Fidélis Davi Loureiro recebe alta

Davi Loureiro está com bala alojada a milímetros da coluna, revelou Garotinho




15/11/2015 09h09.


Atualizado em 14/11/2015   às  14h03     Foto: SF News e São Fidélis Notícias
David carro 2david carroDavid fotoAtualizado 16/11 às 9h - O ex-prefeito de São Fidélis, Davi Loureiro, vítima de uma tentativa de homicídio, recebeu alta na manhã deste domingo (15). Ele estava internado no no Hospital São José do Avaí, em Itaperuna.

Segundo informações, Davi encontra-se em um local seguro e recebe apenas visitas de pessoas mais próximas. Uma bala continua alojada na costela.

Carro de Davi Loureiro foi alvejado por 19 tiros


Após o atentado a tiros que sofreu na tarde desta sexta-feira(13), o ex-prefeito de São Fidélis, Davi Loureiro, foi transferido para o Hospital São José Havaí, em Itaperuna. Lá, os médicos constataram que uma das balas está alojada a milímetros da coluna cervical de Davi. A informação é do secretário de Governo de Campos e amigo de Davi, Anthony Garotinho, que participou na manhã deste sábado(14), do Programa Entrevista Coletiva, na Rádio Diário FM. Garotinho também fez outra revelação surpreendente: o carro onde estava Davi foi atingido por 19 tiros.

Assim que tomaram conhecimento do atentado,  o secretário Garotinho e a prefeita Rosinha se dirigiram à cidade de Miracema e acompanharam a transferência do ex-prefeito para Itaperuna, onde permaneceram até a madrugada deste sábado acompanhando os exames ao lado da esposa de Davi Loureiro.

“Davi estava no Hospital de Miracema e foi levado para o hospital de Itaperuna, onde o Doutor Renam, diretor do hospital, e vários médicos, nos receberam muito bem. Eles disseram que Davi levou dois tiros, sendo um no ombro e outro que atravessou o tórax, perto do coração, e foi parar a milímetros da coluna cervical. A bala passou por regiões vitais. Ele recebeu um livramento de Deus. Estamos consternados, pois Davi é um grande amigo ”, revelou Garotinho.

Segundo ainda Garotinho, os médicos estão em dúvida se farão uma cirurgia para retirar o projétil. "Nos disseram que a área onde a bala está é tão delicada, que a cirurgia poderia atingir o que a bala não atingiu e causar problemas para Davi. Um dos médicos chegou a dizer que foi um milagre. Ele está lúcido, apenas sua pressão subiu um pouco”, conta Garotinho.

Como ocorreu:

O ex-prefeito de São Fidélis, Davi Loureiro, 56 anos, sofreu uma tentativa de homicídio na tarde desta sexta-feira(13), por volta das 15h, no município de  Miracema, no Noroeste Fluminense. Ele estava em um carro modelo Gol e levou dois tiros, que atingiram seu pescoço e seu ombro.

De acordo com a polícia, a tentativa de homicídio ocorreu na RJ-116, próximo ao trevo  do Campelo, no bairro Carrapichão. Davi seguia para o município de Santo Antônio de Pádua. Ele foi socorrido por policiais militares e levado em estado grave para o Hospital de Miracema. Mesmo baleado,  o ex-prefeito revelou aos militares durante o socorro a descrição dos autores.

O secretário do Governo de Campos, Anthony Garotinho, disse que tudo leva a crer que foi um atentado político. Garotinho concedeu entrevista por telefone ao Programa Fim de Tarde, na Rádio Diário FM, apresentado por Roberto Barbosa. "Tudo leva a crer que foi um atentado político. Já conversei com o médico de plantão no hospital de Miracema e soube que Davi está lúcido. Ele será transferido para o Hospital de Itaperuna", disse Garotinho, que acrescentou. "É lamentável o que ocorreu. Davi é um amigo, uma pessoa do bem, e não podemos admitir um atentado como esse. Somos políticos e como tais devemos decidir as coisas no campo do debate de idéias e não com violência".

Em seu blog, Garotinho revela que Davi fez, recentemente, graves denuncias, nas quais, inclusive, cita o atual prefeito de São Fidélis, Fenemê. Veja a postagem do blog:

Davi vinha denunciando uma máfia que falsificava carteiras de motorista em São Fidélis e na região noroeste. Essa pessoas, incluindo o atual prefeito da cidade, Fenemê, estão denunciadas e algumas até com pedido de prisão. Eles odeiam Davi Loureiro.

Davi foi escolhido por mim para visitar os municípios do noroeste e preparar o PR para as eleições municipais. O seu trabalho estava sendo bastante exitoso, inclusive na cidade de Miracema, onde o prefeito eleito pelo PR, um ex-policial militar de nome Joedir Orsay nos traiu e na campanha apoiou o governador Pezão. O candidato escolhido para nos representar em Miracema lidera disparado as pesquisas, o que tem incomodado a muitos poderosos da cidade.

Não estou fazendo nenhuma acusação, estou apenas pedindo apuração.

Davi nos últimos tempos vinha batendo de frente com o deputado estadual Jair Bittencourt, que vinha aliciando diversos companheiros do partido no sentido de levá-los para outra legenda. Davi Loureiro é inclusive o relator do processo de sindicância interna do PR aberta contra deputado Jair Bittencourt.

Lúcido, Davi aponta atiradores
A polícia faz buscas para tentar localizar  dois homens numa moto que teriam sido os autores do atentado. Eles teriam  atirado primeiro na lateral do carro. Em seguida, novos disparos acertaram a traseira do carro. A Polícia ainda não divulgou se  foi uma tentativa de execução ou de assalto.

A polícia também investiga se há ligação do atentado com uma reunião política que ocorreu ontem, em São Fidélis.

Davi Loureiro teve dois mandatos consecutivos em São Fidélis, de 2000 a 2008. Ele também foi eleito vereador em 1988 e 1992 e presidiu a Câmara de São Fidélis. Loureiro foi ainda Secretário de Obras em Campos e presidente da Associação dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro.
david carro 3