Defesa Civil vistoria estrutura de casas atingidas com cheia de rio em Ururaí

Coordenador do órgão verifica se houve danos após cheia do rio que corta a localidade




06/12/2019, 19h39, Foto: reprodução-Campos 24 Horas.

A Defesa Civil Municipal vistoriou, nesta sexta-feira (6), os três imóveis que foram desocupados devido ao alto nível do Rio Ururaí. De acordo com o coordenador do órgão, Major Edson Pessanha, a estrutura das casas não apresenta riscos. Os moradores estão liberados para fazer a limpeza do espaço durante o final de semana e, na próxima segunda-feira (9), será realizada a mudança das famílias da Creche Luiz Gonzaga de volta aos seus lares.

 

— Fizemos a vistoria e não há risco nas estruturas. Na próxima segunda-feira faremos a mudança de retorno das famílias para suas casas. Enquanto isso, o Rio Ururaí segue baixando gradativamente. Nesta sexta-feira, o nível está em 4,30m. Ou seja, ainda registramos 50 centímetros acima da cota de transbordo, que é 3,80m — relatou o Major.

 

Desde que as chuvas pararam, já foram recuperados os acessos à área de Lagoa de Cima pelas estradas de Itereré e de Ibitioca. Na estrada de Santa Cruz a água também já baixou e está liberado o acesso a Lagoa de Cima e Rio Preto. Os trabalhos de recuperação de acessos a outras localidades na área do alto Imbé também estão em andamento.