Buscar:

Envie textos e fotos: WhatsApp (22) 9 9709-9308

Envie WhatsApp para (22) 9 9709-9308

Com Maracanã lotado, Fla se impõe, não encontra dificuldades e vence LDU

Vitória por 3 a 1 deixa o Rubro-Negro na liderança do Grupo D da Liberta

14/03/2019 08h42 Foto: Alexandre Vidal/CRF

Compartilhe


Noite mágica no Maracanã. O Flamengo recebeu a LDU (EQU) na noite desta quarta-feira (13), pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Com gols de Everton Ribeiro, Gabriel e Uribe, o Rubro-Negro venceu por 3 a 1. Cristian Borja descontou para a equipe equatoriana.


A vitória deixa o Flamengo na liderança isolada do Grupo D, com seis pontos. Pela Libertadores, a equipe só retorna aos gramados no dia 3 de abril, para enfrentar o Peñarol (URU), no Maracanã, às 21h30. Já pela Taça Rio, o Rubro-Negro encara o Volta Redonda, no sábado (16), também no Maior do Mundo, às 19h. O Placar FutRio acompanha ambas as partidas em tempo real.


Flamengo é intenso, abre o placar com méritos e Diego Alves brilha mais uma vez


Mesmo diante a um Maracanã lotado e com uma grande festa da torcida rubro-negra, a LDU não se intimidou nos minutos iniciais e construiu a primeira jogada ofensiva de perigo aos sete minutos: após lançamento, Aguirre escorou para Jhojan Julio bater de primeira, mas Diego Alves realizou boa defesa. No minuto seguinte, o Flamengo fez jus à toda expectativa que cercava a partida. Renê avançou pela esquerda, tocou para Diego dentro da área e o meia rolou para Everton Ribeiro, livre de marcação, bater para o fundo das redes e abrir o placar.




O gol marcado deu muita confiança ao Rubro-Negro, que a partir de então, dominou a partida. Aos 16 minutos, em cobrança de falta ensaiada, Everton Ribeiro colocou a bola na cabeça de Bruno Henrique e o atacante completou para o gol, mas Gabbarini fez uma grande defesa. Aos 19, Pará cruzou pela direita e Willian Arão cabeceou, mas a bola apenas tirou tinta do travessão.


Sem deixar cair o ritmo, o Flamengo continuou a pressionar. Aos 28 minutos, Everton Ribeiro lançou Gabriel de forma primorosa e o atacante chutou em cima do goleiro adversário. No rebote, com o gol vazio, o artilheiro chutou por cima do gol, perdendo uma chance inacreditável. Aos 42 minutos, Diego quase colocou tudo a perder. O camisa 10 cometeu pênalti em Vega, após cobrança de lateral para a área da equipe carioca. Na cobrança, Intriago não venceu Diego Alves, que voou para defender e mais uma vez ser decisivo.


Pressão rubro-negra e "estrela" de Abel garantem a vitória


Na etapa complementar, o Flamengo deu continuidade ao ritmo intenso com boas jogadas coletivas e lançamentos em profundidade. Aos 14 minutos, Willian Arão arriscou de fora da área e obrigou Gabbarini a fazer uma boa defesa, espalmando a bola para o lado. Aos 23, após lançamento, Bruno Henrique escorou para Gabriel, e o atacante desta vez não desperdiçou, batendo forte de canhota para ampliar o placar no Maracanã.


Já com uma maior tranquilidade, o Rubro-Negro procurou valorizar a posse de bola e o técnico Abel Braga realizou alguns testes mediante as substituições. Aos 35 minutos, Bruno Henrique deu lugar a Uribe que, em alguns segundos, já recebeu passe de Willian Arão dentro da área, dominou e bateu para o gol, deslocando Gabbarini e garantindo a festa da torcida.


Porém, os minutos finais reservaram algumas emoções, já que a LDU se lançou ao ataque de forma desesperada. Aos 42, Angulo cruzou para a área e Willian Arão tocou de cabeça contra o próprio patrimônio, mas Diego Alves, em um ato de puro reflexo, espalmou para escanteio. Aos 44 minutos, o árbitro assinalou mais um pênalti para a equipe equatoriana. Dessa vez, de Trauco em cima de Nico Freire. Na cobrança, Cristian Borja fez valer a popular "Lei do Ex", deslocou Diego Alves e diminuiu o placar. Mas já era tarde demais e a boa vitória do Flamengo foi consolidada.


Fonte: FutRio

Compartilhe

Leia matéria completa

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail:

VerboTec Desenvolvimento e Tecnologia.