Castro/Ponte da Integração: Para entrar na história

Aguardada há 40 anos, ponte beneficiará produtores rurais, alavancará o turismo e será rota alternativa para veículos de cargas do Porto do Açu




26/11/2023, 09h31, Fotomontagem: Campos 24 Horas.


Postado por Fabiano Venancio - O governador Cláudio Castro entrará para a história do Norte Fluminense em 2024 como o governante que entregou uma obra aguardada há 40 anos pela população da região e que trará grandes benefícios para vários setores: a Ponte da Integração. Com estrutura de 1.344 metros, que encurtará a viagem entre São João da Barra e  São Francisco de Itabapoana em até 80 quilômetros e beneficiará milhares de produtores rurais, promete ainda alavancar o turismo regional e também será uma rota alternativa para o movimento de veículos de cargas do Porto do Açu e sua conexão com o futuro Porto Central, em Presidente Kennedy, na divisa com o Estado do Rio de Janeiro. (Leia mais abaixo)


O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), em resposta à questionamentos da reportagem do site Campos 24 Horas, informou esta semana (Aqui) que o atraso da segunda etapa das obras se deveu às cheias do Rio Paraíba do Sul, confirmou que 90% da obra já foi executada e a redefinição do prazo de entrega do final deste ano para março de 2024.  (Leia mais abaixo)


São mais de 30 anos de expectativa que separam a Ponte João Figueiredo (alternativa para interligação entre os municípios, na década de 1980) e a Ponte da Integração, que foi marcada por adiamentos para início das obras, por conta de ações judiciais durante a licitação e também na liberação das verbas. (Leia mais abaixo)


Constituída por vigas pré-moldadas de concreto, a ponte possui uma superestrutura de 1.334,30m de extensão, 35 pilares, quatro faixas de tráfego e uma faixa de pedestre.