Charbell: 'Faixa verde é uma fotografia do momento; se houver necessidade mudamos'

O subsecretário considera que com o avanço da vacinação será possível proteger a população




21/07/2021, 08h08, Foto: Divulgação.

Campos permanece em estado de alerta para enfrentar a variante delta que circula no Estado, e não descarta mudar a faixa de classificação em caso de identificação da circulação da cepa pelo município. (leia mais abaixo)


— A faixa verde é uma fotografia do momento. Se houver necessidade faremos a mudança. Estamos prontos para dispararmos um plano de contingência com a mobilização de equipes e a disponibilidade de leitos para que, caso haja uma escalada de casos de internações e óbitos, estejamos preparados — disse o subsecretário de Atenção Básica e Promoção da Saúde, Charbell Kuri. (leia mais abaixo)


O infectologista informou que um grupo técnico de vigilância da Saúde do município tem feito sequenciamento em pacientes, mas não houve identificação da variante. (leia mais abaixo)


A circulação da variante delta na cidade pode colocar Campos no mesmo cenário de março com alta escalada de casos da Covid 19. (leia mais abaixo)


Em maio, Campos registrou o primeiro caso de paciente com a variante delta, um homem de 32 anos, que desembarcou no Aeroporto de Guarulhos (SP), procedente da Índia, de onde a cepa é originária. Antes mesmo de conhecer o resultado, ele regressou a Campos, onde ficou em isolamento cumprindo quarentena. (leia mais abaixo)


Charbel pondera que embora a nova variante seja 97% mais transmissível do que outras, como a amazônica e a britânica que circulam em Campos, a delta não é tão letal quanto essas duas.  (leia mais abaixo)


O subsecretário considera que com o avanço da vacinação será possível proteger a população. “Esperamos acelerar bastante a campanha de vacinação no segundo semestre. Estamos numa guerra e a vacina é a melhor arma contra qualquer uma das variantes”,assinalou. (leia mais abaixo)


Charbell Kuri enfatiza que, apesar da redução do número de casos, óbitos e internações em Campos e pelo país, a população precisa continuar a manter as medidas restritivas e de proteção em paralelo com a vacinação da população.   (leia mais abaixo)


O Rio de Janeiro é o estado com o maior número de casos da variante delta, cepa mais transmissível do coronavírus. Foram 74 até o momento, de um total de 97 casos de infecção notificados no país, segundo dados do Ministério da Saúde. (leia mais abaixo)


Em todo o Estado, a nova variante já foi confirmada em 12 cidades. Além da capital fluminense, a cepa foi identificada em Duque de Caxias, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Maricá, Mesquita, Niterói, Nova Iguaçu, Queimados, Seropédica e São João de Meriti.