Morales: avanços no atendimento aos animais em Campos

Pré-candidato a vereador e ex-diretor do CCZ




04/07/2024, 08h24, Foto: Campos 24 Horas.


Postado por Fabiano Venancio - O cão e o gato são animais que passaram a adquirir, nos últimos tempos, importância especial na vida dos humanos. Em Campos, há cerca de três anos, foi implantada uma estrutura de atendimento aos animais, especialmente aos pets, no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). A cidade conta inclusive com uma UBS animal (unidade básica de saúde para animais), inaugurada no governo Wladimir, e que já resultou em números e resultados significativos para a causa animal, como 7 mil atendimentos e 20 mil castrações. Um dos responsáveis por estes avanços, o ex-diretor do CCZ, Carlos Morales, agora licenciado para disputar uma vaga na Câmara de Vereadores pelo PP, destaca a importância dos animais no cotidiano das pessoas e a nova estrutura de atendimento, em entrevista ao Campos 24 Horas. (Leia mais abaixo)


“O atendimento aos animais em Campos com inegáveis resultados como o castra-móvel, o pronto socorro na UBS animal, o atendimento nas endemias, das zoonoses e a estrutura de atendimento aos pets que conseguimos implantar com o apoio do prefeito Wladimir Garotinho, que nos deu todas as condições de desenvolver este trabalho, especialmente nesta questão dos pets, no CCZ, onde já tivemos cerca de 7 mil atendimentos e 2º0 mil castrações”, disse.  (Leia mais abaixo)


Carlos Morales avalia que os animais adquiriram uma importância significativa no dia a dia das pessoas, sobretudo os pets. “Durante as enchentes no Rio Grande do Sul, aquele cavalo em cima daquela casa foi assunto nacional e até internacional, as imagens correram o mundo. Os animais tem essa importância em nossas vidas. São eles que nos socorrem como aconteceu na Covid. Estão ao nosso lado sem responder, mas sempre nos ouvindo nos momentos de ansiedade e depressão. Que que sabem quando estamos tristes ou alegres e merecem ser tratado com amor e carinho”, disse. (Leia mais abaixo)


O ex-diretor do CCZ enfatiza o trabalho junto aos animais de pequeno porte, “antes chamado de vira-lata, agora cão errante, mas também o recolhimento dos animais de porte que seus donos deixam soltos nas ruas, causando acidentes e até matando pessoas. Estes animais recebem cuidados de nossas equipes do CCZ, onde conseguimos inovar no atendimento. A cidade tem outro entendimento, há uma nova compreensão da importância do CCZ para a sociedade”, acrescenta.  (Leia mais abaixo)


Morales também destaca a participação do CCZ nas ações integradas de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e da chikungunya. “Foi um trabalho fundamental onde chegamos a resultados como o fato de Campos contar apenas dois óbitos neste período de incidência de casos de dengue. Ao longo deste período, Campos foi o município onde menos pessoas foram a óbito”, assinalou. (Leia mais abaixo)


O pré-candidato e ex-diretor do CCZ destaca ainda o atendimento a casos de  zoonoses, doenças infecciosas transmitidas de animais. “O problema da zoonose precisa ser tratado na origem, não nas consequências. Nós temos colocado à disposição da população toda estrutura de atendimento como fizemos recentemente em pessoas acometidas por doenças transmitidas pelos gatos.  (Leia mais abaixo) 


Além de diretor do CCZ, Morales acumula ainda larga experiência na vida pública e na atividade sindical. Foi secretário municipal de Administração e de Limpeza Pública e presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde de Campos. (Leia mais abaixo)


“Eu fico feliz por estar tendo a oportunidade que me foi dada pelo prefeito Wladimir em estar construindo essa história, um legado que considero de importância valiosa porque amamos o que fazemos, acreditando que nós temos uma missão a ser cumprida. E vamos ainda acrescentar muita coisa na área pet, onde temos ideias e projetos em relação aos animais e seus tutores em nossas redes sociais que vamos mostrar oportunamente”, finalizou. (Vídeo da entrevista abaixo)