Estudante campista pode ser a pré-candidata a vereadora mais jovem do RJ

Filha de deputado, Thamires Rangel revela o que a despertou para a vida pública e comenta sobre pautas como educação e causas animal e da mulher




26/03/2024, 08h57, Foto: Campos 24 Horas.


Postado por Fabiano Venancio(Vídeo ao final da página) - A política como ferramenta de transformação da sociedade. É assim a visão da estudante campista Thamires Rangel, que deve ser a mais jovem pré-candidata do estado do Rio de Janeiro à uma vaga de vereadora. Nas eleições de outubro próximo, ela estará com 18 anos. Filha do deputado estadual Thiago Rangel (PRTB), Thamires admite ter despertado para a vida pública após acompanhar mais de perto o trabalho do pai, que levou a questionar e dialogar com jovens que têm rejeição à política. Em entrevista a Fabiano Venancio, do Campos 24 Horas, a jovem pré-candidata fala sobre pautas e bandeiras num eventual mandato na Câmara de Vereadores de Campos, enfatizando a educação e as causas na defesa dos animais e da mulher, além de comentar a respeito das cenas que a marcaram durante a campanha do pai. (Leia abaixo)


“A partir do momento em que passei a ir às reuniões e perceber como é o trabalho dele e as formas como são encaminhadas as demandas. É ali onde estão as informações que nos levam a saber o que as pessoas pensam e precisam. A politica está relacionada a tudo em nossas vidas”, disse Thamires. (Leia mais abaixo)


Em sua visão, uma grande parcela de jovens têm uma visão negativa da politica, de quem entrar lá vai roubar e que o político não serve para ajudar. "Eu pensava assim até meu pai entrar para a política. É o politico é quem vai ter nas mãos a chance de mudar”, destacou. (Leia mais abaixo)


Thamires entende que é essencial que o politico mantenha estreita relação com o eleitor uma vez eleito. “O contato com o eleitor não é um ônus, mas uma necessidade essencial para manter esse comprometimento com as demandas. Essa proximidade só vai levá-lo a se sensibilizar com rotina dos eleitores”. (Leia mais abaixo)


PRÉ-CANDIDATA SE SENSIBILIZA - Uma das cenas que mais sensibilizou a pré-candidata foi quando compareceu a uma festa do Dia das Crianças em bairros da periferia de Guarus. “Fiquei tocada com aquele movimento que fizemos no Dia das Crianças pois passei a sentir na pele uma realidade que não era a minha. Quando levamos cachorro quente, pipoca e brinquedos para aquelas crianças, elas ficaram extremamente felizes. Era uma realidade que, apesar de saber que existia, eu nunca tinha visto de perto”.  (Leia mais abaixo)


PAUTAS TEM EDUCAÇÃO E CAUSAS DA MULHER E DOS ANIMAIS

Thamires pretende se dedicar a várias pautas e bandeiras, mas enfatizou a educação e a causa na defesa dos animais. “A politica se relacionada a tudo que mais essencial de nossas vidas, como educação e saúde. A educação deixa muito a desejar. Eu também gosto muito dos animais, a causa animal também me sensibiliza. É uma pauta nova que pretendo me dedicar”. (Leia mais abaixo)


Ao anunciar sua decisão de se colocar como pré-candidata, Thamires admite que seus colegas e amigos receberam com surpresa. “Num primeiro momento, meus amigos estranharam porque eu era um tipo de pessoa que não expressava minha opinião. Era muito de escutar e ouvir. Agora eu não apenas penso, mas também falo. Passei a discutir e vejo as coisas numa outra perspectiva. Era assim e passei a perceber até meu pai entrar na política quando vi de perto o dia a dia das pessoas”. (Leia mais abaixo)


As causas da mulher também serão debatidas por Tamires. "Há estigmas relacionados à mulher. A mulher pode ser dona de casa, mas o trabalho entre ela e o homem deve ser dividido. Essa ideia de que a mulher é menos competente que o homem também é um pensamento falacioso", finalizou. (Vídeo da entrevista abaixo)