Vídeo: Universitária mata companheiro em Campos e alega legítima defesa

Mulher alega que estava sendo agredida, quando deu golpes de faca na vítima. Ela foi ouvida e liberada, já que a polícia entendeu que houve legítima defesa




03/05/2021, 07h41, Foto: Filipe Lemos/Campos 24 Horas e Reprodução.

Veja vídeo ao final das informações - Um jovem identificado como José Maurício Pinto Dias, de 22 anos, foi assassinado a facadas na madrugada desta segunda-feira (03), em um apartamento no Edifício Solar do Engenho, na Avenida Bicock, no Parque São Caetano, em Campos. O crime teria acontecido após uma da briga entre a vítima e sua companheira, a estudante de Direito Gabriela Medeiros, de 19 anos. Apesar de ter sido presa em flagrante, foi ouvida e liberada, visto que a polícia entendeu que ela agiu em legítima defesa. (leia mais abaixo)


Em depoimento, a universitária alegou que estavam em meio a uma discussão e José Maurício havia bebido e estava agressivo. Após sofrer agressões e uma tentativa de estrangulamento, diz ela, pegou a faca e desferiu três golpes nele. (leia mais abaixo)


ALEGAÇÕES DA VÍTIMA - De acordo ainda com a polícia, a universitária afirmou que há vários meses estaria sofrendo agressões por parte do seu companheiro, e que, inclusive, já havia saído de casa, mas retornou a pedido dele. (leia mais abaixo)


A universitária afirmou também que o companheiro arremessou copos e pratos em sua direção durante a discussão desta madrugada.  (leia mais abaixo)


José Maurício morreu no local. Ele trabalhava em um comércio. A mulher estava com algumas lesões e foi encaminhada para o Hospital Ferreira Machado (HFM).  O caso foi registrado na 134ª DP/Centro.