Grávida, vice-prefeita de SJB testa positivo para Covid

Ela apresentou sintomas leves e se recupera da doença em casa




25/01/2022 10:10:35.

A vice-prefeita de São João da Barra, Carla Caputi, testou positivo para covid-19. Grávida, ela apresentou sintomas leves e se recupera da doença em casa. (leia mais abaixo)


Carla Caputi se vacinou com o imunizante da Janssen.

 




STF determina prisão domiciliar para Roberto Jefferson

Político apresenta quadro de saúde debilitado desde o ano passado




25/01/2022 08:08:50.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou, na noite de hoje (24), que Roberto Jefferson passe a cumprir prisão domiciliar. O político estava preso no Rio de Janeiro desde agosto.(leia mais abaixo)


A defesa de Jefferson, que ocupava a presidência do PTB, alegou problemas de saúde e risco de morte. O ex-deputado teve um quadro de infecção respiratória semelhante à covid-19 na semana passada. Essa não foi a primeira vez que o político teve complicações de saúde e foi levado, temporariamente, para exames fora do presídio.(leia mais abaixo)


No despacho que determina a transição da prisão para regime domiciliar, Alexandre de Moraes citou trechos do Código de Processo Penal, que prevê o benefício para pessoas “extremamente debilitadas por motivo de doença grave.”(leia mais abaixo)


Roberto Jefferson, no entanto, deverá usar tornozeleira eletrônica e não poderá receber visitas pessoais, apenas acompanhamento médico.


Fonte: Agência Brasil




Web se mobiliza e afirma que 'Lula e o PT destruíram o Brasil'

Assunto ficou entre os temas mais comentados no Twitter no final de semana




24/01/2022 16:04:37.

Usuários do Twitter elevaram a hashtag “Lula e o PT destruíram o Brasil” para um dos assuntos mais comentados na rede social durante este fim de semana. (leia mais abaixo)


Entre os pontos mais mencionados estavam os casos de corrupção e o financiamento de governos de esquerda estrangeiros durante os governos petistas.(leia mais abaixo)


Os internautas também voltaram a criticar a anulação das condenações do ex-presidente por parte do Supremo Tribunal Federal (STF) e a recuperação de seus direitos políticos.(leia mais abaixo)


– Lula e o PT roubaram tanto que destruíram o futuro do Brasil durante a chance de ouro que tivemos. Dívida, falta de investimento, problemas de infra, miséria, desemprego etc são consequências dos governos do PT – escreveu um usuário do Twitter.(leia mais abaixo)


– Se preciso for, lembraremos [isto] todo santo dia aos brasileiros que ainda consomem conteúdo da grande mídia, para que nunca esqueçam o que foi o governo do PT no Brasil – acrescentou outro.


Fonte: Pleno News




Eleições 2022: Tassiana x Rodrigo, uma disputa aguardada em Campos

Grupos rivais Garotinho e Bacellar se movimentam visando a eleição de deputado. Pessoas ligadas aos dois grupos falaram ao Campos 24 Horas sobre as variáveis da eleição deste ano




24/01/2022 15:03:14.

O cenário político atual de Campos tem 26 pré-candidatos a deputado (Aqui) para as eleições de outubro de 2022. Identificar as chances de cada nome mostra que há dois deles que podem mexer com todo tabuleiro político: a primeira-dama Tassiana Oliveira e o secretário estadual de Governo e deputado licenciado, Rodrigo Bacellar (SD). O Campos 24 Horas conseguiu, nos últimos dias, informações detalhadas do que está acontecendo nos grupos políticos Garotinho e Bacellar e no governo municipal visando a eleição de outubro. As pessoas consultadas pelo site fizeram várias revelações. A maioria delas diz que, no campo político, vencer a disputa local de deputado passou a ser, entre outras questões, um termômetro para medir quem está no caminho certo para a próxima eleição da prefeitura. Fomos também  informados a respeito das preferências de pessoas influentes e como pensam os principais lideres dos dois grupos. "Se Tassiana entrar no jogo, vai ser uma disputa de 'gigantes', visto que ela tem sido habilidosa no trato com as diversas alas políticas do governo municipal, e Wladimir se revelou um grande gestor, obtendo altíssimos índices de aprovação, reforçando, assim, seu poder político. E o adversário é ninguém menos que Rodrigo Bacellar, um dos políticos mais influentes da atualidade, cujo trabalho ganhou grande visibilidade nos últimos meses e tem se mostrado de vital importância para a população de Campos junto ao governo estadual e Alerj, além de liderar um grupo cada vez mais forte, inclusive com apoio de vários vereadores de oposição no município", analisa uma das fontes do site. (leia mais abaixo)


 “Os dois grupos têm eleitores cativos, mas a eleição para deputado é diferente da eleição para prefeitura, por isso seria preciso ter um nome para unir o governo. E Tassiana seria esse nome. Ela faz um trabalho com muita desenvoltura na área social e tem ótimo relacionamento com todas as alas do governo”, releva uma pessoa do alto escalão do governo Wladimir Garotinho.  (leia mais abaixo)


“Antes da definição pela candidatura de Tassiana à Alerj, porém, Wladimir teria que encontrar um ponto comum entre o que é melhor politicamente em 2022 e o que desejam seus pais e lideres naturais do seu grupo, os ex-governadores Garotinho e Rosinha", frisa a fonte do site, que acrescenta: "Há duas situações especiais: uma ligada à sua irmã e deputada federal Clarissa Garotinho, que teria preferência, desta vez, em disputar uma cadeira na Alerj; outra é do deputado estadual Bruno Dauaire, que mostrou lealdade a Wladimir e seria candidato natural à reeleição. Bruno contou com apoio decisivo do prefeito de Campos nas vitórias que obteve nas duas eleições que disputou. Mas, se Tassiana for a candidata, as chances de Bruno concorrer e vencer como 'segunda opção' seriam mínimas", acrescenta a fonte do alto escalão do governo. (leia mais abaixo)


GRUPO BACELLAR - Uma das pessoas ligadas ao grupo Bacellar revela ao Campos 24 Horas que o cenário atual favorece a Rodrigo na disputa em Campos. “Com ele, está mais que provado que  Campos tem muito a ganhar nos próximos anos. Nosso grupo está unido e pronto para essa disputa, que, ser for vencida no plano local, terá um significado especial. Nos levantamentos que fizemos, Rodrigo desponta como favorito. Vamos, eleitoralmente, com força pra cima dos Garotinho", diz a fonte, que comenta também a respeito de uma possível composição com Caio Viana. (leia mais abaixo)


"Com Caio também pode ocorrer uma composição. Caio tem se mostrado mais maduro e já entende que a disputa política em Campos não é tão simples como pensava. A união, do ponto de vista eleitoral, seria muito interessante para os Vianna e Bacellar”, afirma a fonte, que também explica como Rodrigo Bacellar pensa em relação a eleição de deputado federal. (leia mais abaixo)


"Rodrigo quer ‘força máxima’ na disputa local de outubro. É natural que ele tenha o desejo de vencer a eleição na sua cidade. Rodrigo trabalha de forma incansável para que Campos tenha cada vez mais ações do governo estadual. Ele sabe de sua importância para que a cidade tenha os avanços que o grupo Garotinho não vai conseguir. Para vencer a eleição em Campos, pode evitar até se posicionar sobre a possibilidade de ter candidato a deputado federal local, a fim de não causar racha no seu grupo”, explica a fonte do grupo Bacellar. (leia mais abaixo)


Apesar de toda movimentação que já acontece nos bastidores visando a eleição de deputado em outubro deste ano, Rodrigo e Tassiana se mantêm discretos nas entrevistas e nas redes sociais.




Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de covid-19

Medida ainda não foi oficializada pelo presidente da Casa




17/01/2022 18:06:03.

O Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), indicou hoje (17) que a Casa deve retomar o trabalho remoto, só devendo retornar às atividades presenciais em março, após o carnaval. O retorno às atividades remotas, entretanto, ainda não foi oficializado, mas Lira disse que a medida é necessária diante do aumento no número de casos de covid-19 nas últimas semanas, especialmente da nova variante, a Ômicron. (leia mais abaixo)


“Trabalho remoto até o carnaval. Medida necessária até vencermos esta nova onda. Também vai nos ajudar na melhor aplicação dos recursos públicos”, disse Lira por meio do seu Twitter. (leia mais abaixo)


A Câmara e o Senado estão em recesso desde o dia 23 de dezembro e retomam as atividades legislativas no dia 2 de fevereiro.(leia mais abaixo)


As atividades presenciais foram retomadas na Câmara em 25 de outubro do ano passado, após 18 meses de suspensão dos trabalhos presenciais na Casa, iniciado em março de 2020. Durante esse tempo, as atividades foram realizadas de forma híbrida.(leia mais abaixo)


Com a retomada das atividades presenciais, a Mesa Diretora adotou algumas regras para o ingresso de pessoas na Casa, entre elas a apresentação de “passaporte de vacinação” para a entrada na Câmara.(leia mais abaixo)


De acordo com as regras, quem quiser entrar nas dependências da Câmara, tem que apresentar o cartão de vacinação, com pelo menos uma dose tomada, "observado o cronograma vacinal instituído pelos órgãos competentes".(leia mais abaixo)


Além da apresentação do cartão de vacinação, haverá ainda a medição de temperatura. Quem estiver com a temperatura acima de 37,5º terá sua entrada proibida. Também é obrigatório o uso de máscara, que deve cobrir o nariz e a boca.(leia mais abaixo)


Senado

No Senado, cinco senadores anunciaram que testaram positivo para covid-19 na última semana. O Congresso está em recesso até fevereiro e a maioria dos senadores estão em seus estados.(leia mais abaixo)


Jorginho Mello (PL-SC) informou hoje (17), nas redes sociais, que testou positivo. Segundo ele próprio afirmou, essa é a segunda vez que contraiu o vírus.  Na quarta-feira (12), foi a vez de Mecias de Jesus (Republicanos-RR) anunciar sua contaminação. Ele destacou que os sintomas foram leves e atribuiu isso à vacinação. (leia mais abaixo)


No mesmo dia, Fabiano Contarato (PT-ES) também informou sobre sua testagem positiva. Além dele, seu marido e um de seus filhos também testaram positivo. (leia mais abaixo)


No dia anterior (11), tinha sido a vez de Marcelo Castro (MDB-PI) dar a notícia sobre seu diagnóstico. Na segunda-feira (10), o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) anunciou seu contágio e de sua esposa. Segundo informou sua assessoria em sua rede social, ambos apresentaram sintomas leves. (leia mais abaixo)


Três senadores que cumpriam mandato nesta legislatura morreram por causa do vírus: Arolde de Oliveira, Major Olímpio e José Maranhão.


*Fonte: Agência Brasil 




Rodrigo Bacellar: 'Nunca vi um governador fazer tanto por Campos'

Governador anunciou a construção de Colégio da PM no município




16/01/2022 11:11:46.

Durante a inauguração do programa Segurança Presente em Campos, o governador Cláudio Castro (PL) anunciou a construção de um Colégio da Polícia Militar no município. Após o anuncio, o secretário estadual de Governo, Rodrigo Bacellar, chegou a declarar que nunca viu um governador fazer tanto por Campos. (leia mais abaixo)


– O quarto Colégio da Polícia Militar será em Campos dos Goytacazes, para que a gente reforce a importância que Campos tem para o nosso estado – disse o governador. (leia mais abaixo)


Secretário estadual de Governo, Rodrigo Bacellar, comemorou e citou o olhar do governo por Campos. “Desde que acompanho política nunca vi um governador fazer tanto por Campos. Podemos dizer sem medo de errar. Em um ano de governo Cláudio Castro já foi investido mais em Campos do que em décadas de gestões anteriores. São mais de R$ 500 milhões em áreas como Saúde, Segurança, Social, obras de Infraestrutura, Educação, Esporte”.

*Fonte: Ascom




Bruno Dauaire enaltece ações de Castro, diz que 'Segurança Presente' era um sonho antigo e pede assistência para famílias de SJB

VÍDEO – Deputado falou ao Campos 24 Horas durante a inauguração do Segurança Presente, em Campos




16/01/2022 10:10:32.




Vídeo: Governador Cláudio Castro inaugura 'Segurança Presente' em Campos

Ainda hoje Cláudio Castro vai inaugurar o ‘RJ para Todos’ e um campo de futebol




15/01/2022 20:08:20.

Assista ao final das informações - O governador Cláudio Castro (PL) inaugurou, na manhã deste sábado (15), o programa 'Segurança Presente' em Campos. Com a presença de secretários, deputados e outras autoridades, Castro inaugurou a sede do programa na rua Marechal Floriano, no Centro da cidade. O programa visa promover ações de segurança pública, cidadania e atendimento social, que visam um ambiente mais seguro e acolhedor aos moradores e comerciantes. (leia mais abaixo)


A agenda do governador em Campos tem também a inauguração do 'RJ para Todos' no Ciep de Custodópolis’ (11h), um campo de futebol em Farol de São Tomé (12h30) e visitar alguns pontos atingidos pelas cheias do Paraíba. Na manhã da última quinta-feira (13), Castro visitou São João da Barra, onde um dique se rompeu na localidade de Barcelos. Na ocasião, liberou R$ 20 milhões em recursos para ações da prefeitura no combate aos efeitos da cheia do Rio Paraíba. (leia abaixo)


O governador visitará ainda os municípios de Itaperuna, Cardoso Moreira e Cambuci, a fim de acompanhar ações do Governo do Estado.(leia mais abaixo)


SEGURANÇA PRESENTE

A Operação Segurança Presente é um modelo de policiamento de proximidade que complementa a atuação da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.(leia mais abaixo)


Com o objetivo de promover ações de segurança pública, cidadania e atendimento social, as operações visam um ambiente mais seguro e acolhedor aos moradores, comerciantes e turistas das regiões onde atua.(leia mais abaixo)


Com resultados impactantes de redução de criminalidade no horário e área de atuação, a Operação Segurança Presente ganhou a confiança da população fluminense e se tornou uma marca forte e desejada por todos.(leia mais abaixo)


As operações atuam no município do Rio de Janeiro - em bairros da região central, zona norte, zona sul, e zona oeste - além das cidades de Niterói, São Gonçalo e de municípios da Baixada Fluminense.(leia mais abaixo)


O efetivo é formado por policiais militares, agentes civis (egressos das Forças Armadas) e assistentes sociais. O patrulhamento é feito a pé, de bicicleta, de motocicleta e viaturas.


RJ PARA TODOS

O governador Cláudio Castro lançou nesta quinta-feira (04/11), no Palácio Guanabara, o programa RJ para Todos, da Secretaria de Estado de Governo, que vai contribuir com o desenvolvimento econômico e social do estado. A iniciativa dará assistência à população mais vulnerável e em situação de rua, promovendo acesso aos direitos como documentação básica, reinserção familiar, inclusão ao mercado de trabalho e acolhimento social.(leia mais abaixo)


Inicialmente, o programa terá núcleos volantes de atendimentos em 12 municípios que apresentam menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) das regiões Metropolitana, Serrana, Norte e Baixada Fluminense.(leia mais abaixo)


- Eu só acredito em um estado que dê oportunidade para todos. O nosso povo não quer viver de auxílio e de esmola. Ele quer produzir, trabalhar, ter o seu emprego e dar oportunidade de uma vida digna para sua família. Esse programa, que reúne o esforço de muitas secretarias, chega para abrir oportunidades – destacou Cláudio Castro. (leia mais abaixo)


O RJ para Todos funcionará todos os dias da semana com assistentes sociais, que farão o acolhimento às pessoas em situação de rua, e com educadores sociais, que realizarão semanalmente mutirões de serviços para atender as demandas da população mais necessitada.(leia mais abaixo)


O secretário de Estado de Governo, Rodrigo Bacellar, reforçou a importância do programa."A intenção do governo é estar presente na vida dessas pessoas que tanto precisam da nossa ajuda. É muito importante essa integração pública com a população. Queremos levar novas possibilidades de reinserção familiar, empregabilidade e promoção cidadã" explicou o secretário de Estado de Governo, Rodrigo Bacellar.(leia mais abaixo)


Um dos exemplos de inserção é o de Raquel Pinheiro da Costa , de 26 anos. Mãe de três filhas e moradora da Cidade de Deus, ela vendia balas em sinais de trânsito, foi descoberta ao levar uma placa pedindo emprego e foi selecionada para trabalhar como um dos 300 agentes do RJ para Todos.(leia mais abaixo)


 Atividades do RJ para Todos

- Acolhimento social: assistentes sociais realizam abordagem a pessoas em situação de rua e, por meio de uma escuta minuciosa, entendem as necessidades da pessoa e fazem o devido encaminhamento, seja para abrigos, comunidades terapêuticas ou auxiliam na reinserção familiar.(leia mais abaixo)





Ministro do Turismo testa positivo para a covid-19

Gilson Machado está assintomático




15/01/2022 13:01:39.

O ministro do Turismo, Gilson Machado, informou hoje (15) que testou positivo para a covid-19. O anúncio foi feito em sua conta no Twitter. Ele disse ainda que está assintomático e que seguirá o protocolo de recuperação do Ministério da Saúde e também de seu médico particular.(leia mais abaixo)


Gilson Machado integra uma longa lista de ministros do atual governo que já testaram positivo para o vírus. Antes dele, 15 colegas do primeiro escalão do governo já haviam contraído a doença. O caso mais recente foi o da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.(leia mais abaixo)


Já tiveram covid-19 os ministros Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Marcelo Queiroga (Saúde), Tereza Cristina (Agricultura), Bruno Bianco (AGU), Fábio Faria (Comunicações), Braga Netto (Casa Civil), Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência), Milton Ribeiro (Educação), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Roberto Campos Neto (Banco Central).(leia mais abaixo)


O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também já contraíram a doença.


Fonte: Agência Brasil




Unidades de saúde são instaladas em presídios de Campos; vídeo




14/01/2022 17:05:25.

Veja o vídeo após as informações - Foram instaladas, nesta sexta-feira (14), unidades de saúde no Presídio Feminino Nilza da Silva Santos e na Casa de Custódia Dalton Crespo de Castro, em Campos. Nas unidades disponibilizam atendimentos médicos, de assistentes sociais, psicólogos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e ginecologistas, para as detentas. (leia mais abaixo)


Em uma postagem em suas redes sociais, o prefeito de Campos, Wladimir Garotinho, destacou que Campos era uma das duas cidades do Estado do Rio não ofereciam esses serviços. (leia mais abaixo)


"Estamos disponibilizando o que eles já deveriam ter por direito, mas nunca lhes foi ofertado." disse o prefeito.


Wladimir ainda diz que junto com o deputado estadual Bruno Dauaire, conseguiram transformar o que era um sonho da população carcerária do município em realidade.





Witzel pede ao STF para reassumir o cargo de governador do RJ

Há quase 1 ano, o ex-juiz foi deposto em processo de impeachment.




14/01/2022 08:08:14.

Quase um ano depois do impeachment, o ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel apresentou um pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar reassumir o cargo.

Mesmo fora do cargo há dez meses, como mostrou o RJ2 nesta quinta-feira (13) Wilson Witzel continua destacando nas redes sociais que é o governador do Rio de Janeiro eleito em 2019.(leia mais abaixo)


Agora, ele entrou na Justiça para recuperar o cargo que perdeu. No fim do ano, Witzel protocolou uma petição no STF alegando que havia fatos novos suficientes para entrar com um recurso chamado de agravo regimental.(leia mais abaixo)


O ex-governador do estado alega que houve ilegalidade na obtenção das provas que embasaram a abertura do processo de impeachment, decorrente da reconhecida suspeição e incompetência do juízo da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. E a aprovação das contas pela Alerj referente ao ano de 2020.(leia mais abaixo)


Segundo o despacho do ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, Witzel requer ainda o imediato retorno ao exercício pleno das funções inerentes ao mandato, até que ocorra o trânsito em julgado.(leia mais abaixo)


A Procuradoria-geral da República se manifestou de forma contrária ao pedido de Witzel alegando que esse tipo de recurso não se justifica nesse caso. Agora, cabe ao ministro Alexandre de Moraes dar a decisão.(leia mais abaixo)


Witzel foi afastado do cargo em agosto de 2020, por determinação da Justiça. Desde então, o Rio está sob o comando do vice-governador eleito, Cláudio Castro (PL).(leia mais abaixo)




Em abril, Wilson Witzel sofreu impeachment após o Tribunal Especial Misto, composto por desembargadores e deputados estaduais, ter entendido que o então governador cometeu crime de responsabilidade ao permitir a construção de hospitais de campanha pela a organização social Iabas, em um processo cheio de irregularidades.(leia mais abaixo)


Além disso, foi considerada a acusação de que Witzel autorizou a requalificação da organização social Unir Saúde, contrariando pareceres técnicos. Investigações do Ministério Público Federal apontam que a organização social pertenceria ao empresário Mário Peixoto, mas ele nega.(leia mais abaixo)


Pela decisão do tribunal, Witzel não pode assumir cargos públicos por 5 anos. Nós perguntamos se Ele gostaria de gravar entrevista. Por mensagem, o ex-governador informou que não responde a nenhuma ação penal e nem de improbidade e que todas as contas da gestão dele foram aprovadas pelo plenário da Alerj, em 2019 e 2020.


Fonte: g1




Vídeo/Rodrigo Bacellar: 'Equipes do governo do estado estão em Campos dando todo suporte necessário'




13/01/2022 18:06:24.

(Vídeo ao final das informações) - O secretário estadual de Governo, Rodrigo Bacellar, que esteve nesta quinta-feira (13) em São João da Barra ao lado do governador Cláudio Castro (PL), falou sobre a importância do governo do estado para Campos e todo suporte que vem sendo dado neste momento em que o município enfrenta alagamentos. (leia mais abaixo)


“Campos nunca teve um governador tão presente e que destinasse tantos recursos em um espaço curto de tempo. E neste momento das enchentes não tem sido diferente. Hoje estivemos em São João da Barra devido à gravidade daquele rompimento do dique. Mas por orientação do governador Cláudio Castro, solicitamos que os secretários de Cidades (Uruan Cintra) e de Meio Ambiente (Thiago Pampolha) ficassem na cidade para auxiliar a população, assim como o presidente do Departamento de Estradas e Rodagens (DER-RJ)”, explicou Rodrigo, lembrando que desde o primeiro momento o governador se colocou à disposição: (leia mais abaixo)


“Assim como tem feito em todas as cidades, o governador se colocou à disposição e mobilizou equipes para ajudar”, completou Rodrigo, que vai estar novamente na região no sábado, ao lado do governador, com agendas em Campos, Itaperuna e Cambuci.





Moraes manda PGR se manifestar sobre volta de Witzel ao governo do Rio

Ex-governador que sofreu impeachment em abril passado recorreu da decisão do ministro do STF que referendou a sua cassação




13/01/2022 15:03:12.

O ministro Alexandre de Moraes mandou a PGR se manifestar sobre o pedido feito por Wilson Witzel ao STF para voltar à cadeira de governador do Rio, posto que deixou de forma definitiva em abril do ano passado depois de sofrer um processo de impeachment. (leia mais abaixo)


Witzel entrou com um agravo regimental contra uma decisão de julho do ministro do STF que manteve a decisão do Tribunal Misto que cassou por unanimidade o mandato do então governador afastado. Eleito em 2018 na onda bolsonarista, Witzel acabou envolvido em casos de suspeita de corrupção na construção de hospitais de campanha contra a Covid-19. (leia mais abaixo)


No último dia 21, o ex-governador recorreu da decisão do ministro alegando fatos novos que levariam à revisão de decisões anteriores. O primeiro seria a aprovação pela Assembleia do Rio, em dezembro passado, das contas de 2020 do governo do estado. (leia mais abaixo)


O segundo seria a declaração de suspeição de Marcelo Bretas em ações em que parentes de Witzel são citados na 7ª Vara Criminal Federal. Segundo a defesa de Witzel, as primeiras provas da investigação que terminou com o impeachment do governador foram autorizadas por Bretas, que mais tarde se declararia impedido. (leia mais abaixo)


 (leia mais abaixo)No dia seguinte ao pedido de Witzel, o ministro Alexandre de Moraes determinou que a PGR se manifestasse sobre o caso.


 




Nível do Rio Paraíba atinge 10.68m na tarde desta quinta-feira, diz Defesa Civil

A expectativa para as próximas horas é de que nível siga baixando, em média, entre 1 e 3 centímetros por hora




13/01/2022 09:09:25.

Atualizada às 10h12 | 14h31 | 16h16 | 17h44 - O Rio Paraíba do Sul segue baixando e segundo a Defesa Civil de Campos, na última medição realizada às 17h15 a cota era de 10.68m. Ontem o rio atingiu o nível máximo de 10,97. Com base em análises do Setor de Monitoramento da Defesa Civil, a expectativa para as próximas horas é de que nível siga baixando, em média, entre 1 e 3 centímetros por hora. O cenário nas regiões dos afluentes também é positivo. Não há previsão de chuva significativa na zona de influência hídrica para Campos. (leia mais abaixo)


Apesar disso, há dois pontos do município que preocupam: Baixada Campista e Três Vendas, em virtude de rompimento de um dique em Barcelos, na divisa com São João da Barra, e de manilhas sob a BR-356, na divida Campos/Cardoso Moreira. Já o governador Cláudio Castro (PL) estará na região nesta quinta-feira para verificar os efeitos das cheias. Castro vai sobrevoar os locais mais atingidos em Campos, São João da Barra, Cardoso Moreira, Italva e Itaperuna (leia mais abaixo)





Deputada Clarissa Garotinho se pronuncia sobre chuvas no Norte e Noroeste

A deputada federal Clarissa Garotinho se pronunciou sobre as fortes chuvas no Norte e Noroeste Fluminense:




10/01/2022 20:08:36.

A deputada federal Clarissa Garotinho se pronunciou sobre as fortes chuvas no Norte e Noroeste Fluminense: "Quero reforçar que nosso mandato está inteiramente à disposição dos prefeitos do Norte e Noroeste Fluminense e da população atingida pelos impactos das fortes chuvas que vêm sendo registradas nessas regiões. Até agora, já são mais de mil pessoas fora de suas casas por causa do transbordamento dos rios Muriaé, Pomba, Paraíba do Sul e Itabapoana. Estamos rezando para que a situação se normalize nas próximas horas e que todos possam ficar em segurança", disse a deputada. 




Aulas: Campos ainda vai discutir comp. de vacinação




10/01/2022 12:12:07.

O secretário municipal de Educação, Marcelo Feres, disse ao Campos 24 Horas na manhã desta segunda-feira (10) que a prefeitura ainda vai decidir ao longo da semana se exigirá o comprovante de vacinação de crianças a partir de 5 anos na volta às aulas. O secretário confirmou que Campos terá o retorno das aulas no dia 8 de fevereiro. Veja a entrevista completa no vídeo abaixo.





Eleições 2022: confira as regras para propaganda eleitoral

TSE endureceu regras sobre compartilhamento de informações inverídicas




09/01/2022 09:09:22.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, em dezembro, todas as normas que valerão para as eleições gerais de 2022, incluindo aquelas referentes à propaganda eleitoral. (leia mais abaixo)


Entre as principais novidades está o endurecimento das regras relativas à produção e compartilhamento de informações sabidamente inverídicas sobre candidatos, partidos e o próprio processo eleitoral. (leia mais abaixo)


Tais condutas já eram vedadas e coibidas pela Justiça Eleitoral, mas a nova resolução prevê a responsabilização penal mais severa de quem espalhar desinformação.


Quem divulgar, na propaganda eleitoral ou durante a campanha, fake news sobre candidatos e partidos, por exemplo, fica agora sujeito à pena de detenção de dois meses a um ano, além de multa.


A mesma pena se aplica a quem produz, oferece ou vende vídeo com conteúdo inverídico acerca de partido ou candidato. A punição é acrescida de um terço se a conduta for praticada por meio de rádio, televisão ou redes sociais.


Pena ainda maior – de dois a quatro anos de prisão e multa de R$ 15 mil a R$ 50 mil – está prevista para quem contratar terceiros com a finalidade de emitir mensagens ou comentários na internet para ofender a honra ou desabonar a imagem de candidato, partido ou coligação.


A resolução ainda deixa explícito ser proibida a divulgação e compartilhamento de fatos sabidamente inverídicos ou gravemente descontextualizados que atinjam a integridade do processo eleitoral.


“Isso quer dizer que eventuais mentiras espalhadas intencionalmente para prejudicar os processos de votação, de apuração e totalização de votos poderão ser punidos com base em responsabilidade penal, abuso de poder e uso indevido dos meios de comunicação”, alertou o TSE.


Assim como em eleições anteriores, segue também vedado o disparo em massa de comunicações via aplicativos de mensagens instantâneas, embora seja possível contratar o impulsionamento de conteúdo na internet, desde que o serviço seja contratado junto a empresas previamente cadastradas no TSE.


Showmício

Segue vedada ainda a realização, seja de forma presencial ou via transmissão pela internet, dos chamados showmícios – eventos culturais com o objetivo claro de promover candidato ou partido. Contudo, fica permitida a realização de shows e eventos com objetivo específico de arrecadar recursos de campanha, desde que não haja pedido de votos. (leia mais abaixo)


Essas e outras regras específicas sobre propaganda eleitoral já foram publicadas  no Diário da Justiça Eletrônico e podem ser acessadas aqui.


Fonte: Agência Brasil




Iniciativa do vice-presidente da FMIJ ajuda crianças e famílias em dias de chuvas

Em meio a chuvas fontes e necessidade de abrigos da prefeitura, Leandro Castelo consegue 260 colchões com parceria público-privada




07/01/2022 23:11:53.

E nesse tempo de pandemia e de chuvas fortes, a iniciativa e gesto de solidariedade do vice-presidente da Fundação Municipal da Infância de Juventude (FMIJ), Leandro Castelo, fazem a diferença em Campos. Ele conseguiu 260 colchões do modelo D33 através de uma parceria publico-privado com uma empresa do ramo de construção civil para atender crianças das casas de acolhimentos mantidas pela prefeitura e, ainda, a famílias carentes que, porventura, fiquem desabrigadas neste período de chuvas fortes. (leia mais abaixo)


"Estes colchões serão encaminhados para nossas casas de acolhimentos e conselhos tutelares, a fim de dar um maior conforto a todas nossas crianças. Também já fiz contato com o secretário de Desenvolvimento Humano, Rodrigo Carvalho, para aumentar o número de camas de todos abrigos e da casa de passagem”, disse Leandro Castelo, que acrescentou:


"Nossa maior realização é ver as crianças bem  e ainda disponibilizar os colchões para que a Defesa Civil possa dar atendimento a famílias carentes", destacou Leandro. 




Mauro Silva é nomeado para cargo no governo Wladimir Garotinho

Nomeação é considerada estratégica para o conjunto do governo em 2022




07/01/2022 12:12:14.

O Diário Oficial publicou nesta sexta-feira (7), a nomeação de Mauro Silva como Assessor Especial de Relações Institucionais do gabinete do prefeito de Campos, Wladimir Garotinho (PSD). A volta de Mauro ao governo municipal é estratégica, segundo fontes do Campos 24 Horas, pelo bom trânsito que ele tem na área política e com vários setores da sociedade, postura conciliadora e capacidade de gestão, sendo considerado decisivo para o conjunto do governo em 2022. (leia mais abaixo)


Mauro é jornalista, advogado e foi Secretário Estadual de Comunicação do Rio de Janeiro, Secretário de Comunicação e vereador de Campos. Ele estava atuando em 2020 e 2021 na ABRIG - Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais.

 




Bolsonaro diz que investigação da PF sobre facada ‘vai chegar em gente importante’

Em coletiva de imprensa após alta hospitalar, presidente afirmou que o atentado foi uma ‘tentativa de homicídio’ e negou que internação tenha objetivo político




05/01/2022 15:03:17.

O presidente Jair Bolsonaro falou com a imprensa após receber alta nesta quarta-feira, 5, d0 Hospital Vila Nova Star, na Zona Sul de São Paulo. O chefe do Executivo estava internado desde a última segunda-feira, 3, com um quadro de obstrução intestinal. Segundo o médico Antônio Luiz Macedo, o quadro ainda é um desdobramento do atentado sofrido por Bolsonaro em 2018, quando o presidente recebeu uma facada durante a campanha eleitoral em Juiz de Fora, Minas Gerais. Ao ser questionado sobre a veracidade do incidente, Bolsonaro assegurou que a facada foi real e negou que a internação tenha objetivo político.(leia mais abaixo)


 “Querem politizar uma tentativa de homicídio. As imagens mostram a faca entrando e tem um brilho dela quando sai. Falar que isso é uma faca fake? O pessoal tem dúvida, alguns dizem que seria armação da minha parte. A faca entrou e, na hora, alguns falaram que não sangrou, mas uma facada nessa região não sangra porque vai tudo para dentro”, explicou o presidente. “Estava previsto para eu retornar na terça-feira a Brasília, mas vim parar aqui. Agora, querer levar para o lado da politização, que estou vitimizando, está de brincadeira comigo. Nós temos muito a zelar”, acrescentou Bolsonaro, que defendeu o trabalho de Macedo. “Eu fui um candidato paupérrimo, pobre, miserável. Se eu quisesse armar, iria armar em cima do hospital Albert Einstein? Do hospital de Juiz de Fora? Pelo amor de Deus”, afirmou o chefe do Executivo.(leia mais abaixo)


Bolsonaro ainda criticou as investigações sobre o atentado pela Polícia Federal. “Três advogados imediatamente chegaram lá [em Juiz de Fora]. Um, inclusive, com avião particular. Uma pessoa tentou entrar na Câmara com o nome do Adélio como álibi. Da pousada, duas pessoas já morreram. Está muito parecido com Celso Daniel”, avaliou o presidente. “O delegado que estava no caso saiu, está indo para o exterior. O processo foi reaberto, e espero que a PF aprofunde mais, porque conseguimos agora adentrar nos telefones dos advogado [de Adélio]. Não foi da cabeça dele. No meu entender, não está difícil de desvendar esse caso. Vai chegar em gente importante, com toda certeza. Não há dúvida da tentativa de homicídio”, completou. O presidente Bolsonaro ainda acrescentou que as eleições de 2022 serão “limpas” e que os votos serão “contados”. “As Forças Armadas foram convidadas pelo ministro Barroso para participar das eleições. Aceitamos para participar de todo o processo, sem exceção.” (leia mais abaixo)


Quadro de saúde do presidente pós-facada

O médico-cirurgião aproveitou o momento para cumprir os colegas da Santa Casa de Juiz de Fora que realizaram a primeira cirurgia de Bolsonaro e explicou o quadro de saúde do chefe do Executivo. “O presidente sofreu um atendo há anos atrás que originou uma cirurgia muito bem feita pelos profissionais que o atenderam em Juiz de Fora. Mas, depois disso, ele teve uma peritonite, em 12 de setembro, alguns dias depois do atentado, que gerou uma grande reação imunológica no abdômen dele”, detalhou Macedo. Essas aderências acabam por possibilitar o quadro de obstrução intestinal. Segundo o especialista, normalmente os médicos não operam direto nesses casos e optam por seguir com um tratamento clínico.(leia mais abaixo)


“A cirurgia foi descartada porque, depois que foi passada a sonda nasogástrica para descomprimir o estômago, grande volume de líquido saiu do órgão, que ficou vazio. Então o peristaltismo retornou e empurrou aquele bolo que estava parado no lado esquerdo do intestino, onde tem mais aderência”, acrescentou. Macedo afirmou que na terça-feira de madrugada, quando chegou ao Brasil para tratar o presidente, o intestino do presidente estava voltando a funcionar. “No dia seguinte, já estava bem. Agora vai fazer dieta especial por uma semana, vai fazer apenas caminhadas, sem exercícios intensos. Mas ele está curado e pronto para o trabalho”, disse o médico. Apesar disso, ele salienta que ainda há chance do presidente voltar a sofrer com obstrução intestinal. “Temos chance de ter novamente? Temos. Se operar, como a barriga ele é muito inflamada, existe chance de aderir novamente em outro lugar e obrigar uma outra cirurgia”, finalizou.


Fonte: Jovem Pan




Wladimir, Rodrigo e Caio: A hora da definição das 3 maiores forças políticas

CAMPOS – Ano de 2022 começa com articulações e surpresas a respeito dos nomes que disputarão a eleição de deputado




05/01/2022 13:01:51.

Os eleitores voltam às urnas em outubro deste ano para escolher candidatos a deputado estadual e federal, governador, senador e presidente. Em Campos, as três maiores forças políticas—Wladimir Garotinho (PSD), Rodrigo Bacellar (SD) e Caio Viana (PDT)---voltarão a se enfrentar, ou não, dependendo de definições que passam pela eleição do governo do Estado. Wladimir e Rodrigo não adiantam os nomes pelos quais têm preferência para candidato a deputado federal. Fontes dos grupos políticos informam ao Campos 24 Horas nesta terça-feira (04/01) que há algumas questões para serem resolvidas antes das definições dos nomes que terão o apoio do prefeito de Campos e do Secretário de Estado de Governo. Uma das definições diz respeito aos partidos que formarão o bloco de alianças para tentativa de reeleição do governador Cláudio Castro. Outra é sobre uma possível candidatura da primeira-dama de Campos, Tassiana Oliveira. Inclusive, há também chances da reaproximação de Rodrigo Bacellar e Caio Viana. Enquanto isso, alguns vereadores e outras lideranças de Campos já teriam optado por nomes de fora, mas que são conhecidos do eleitorado por já serem deputados com ações que beneficiaram a região, como Altineu Cortes, Chiquinho e Pedro Brazão, Gustavo Schmidt, Jair Bitencourt, entre outros. Já na região, a novidade fica conta da pré-candidatura do ex-prefeito Davi Loureiro. (Veja abaixo as articulações e possíveis composições)


Caio Vianna já bateu o martelo e vai disputar a vaga de candidato a deputado federal. Ele saiu da última eleição de prefeito de Campos credenciado para a disputa da vaga na Câmara Federal. Com 110 mil votos, Caio perdeu para Wladimir por uma diferença em torno de 10 mil votos. Atualmente, Caio é Secretário de Ciência e Tecnologia da Prefeitura de Niterói. (leia mais abaixo)


O que era considerado difícil na política local, no entanto, pode acontecer em função de uma composição da eleição para governador: a reaproximação de Rodrigo Bacellar e Caio Vianna. Eles trilharam caminhos diferentes na eleição da prefeitura de Campos. Rodrigo optou pela candidatura do médico Bruno Calil. (leia mais abaixo)


Ocorre que, o PDT de Caio tem a pré-candidatura a governador do ex-prefeito de Niteroi, Rodrigo Neves. Mas, fontes do Campos 24 Horas informam que lideranças do PDT estariam conversando com o governador Cláudio Castro para uma possível composição, na qual Neves poderia ser indicado para vice na chapa de Cláudio Castro. E isso poderia reaproximar Rodrigo de Caio. (leia mais abaixo)


Caso o acordo de Castro e o PDT não prospere, Rodrigo Bacellar ainda tem as opções locais dos nomes do vereador Igor Pereira e do médico Bruno Calil para a disputa de deputado federal. (leia mais abaixo)


APOIO DE WLADIMIR - A respeito da decisão de Wladimir para os nomes que receberão seu apoio para deputado na eleição de outubro próximo, as fontes informam que a possível candidatura da primeira-dama Tassiana Oliveira teria de contar com uma composição com o deputado estadual Bruno Dauaire, que já teria adiantado que é candidatíssimo à reeleição. (leia mais abaixo)


Já para deputado federal, o prefeito Wladimir tem alguns nomes, como a irmã e deputada federal, Clarissa Garotinho (Pros), do presidente da Câmara, Fábio Ribeiro,  do pai Anthony Garotinho e do empresário e secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Mérida. (leia mais abaixo)


Há também a possibilidade de Wladimir apoiar quatro candidaturas a deputado, sendo duas de estadual e duas de federal. Neste caso, as dobradinhas seriam de Tassiana (estadual) e Garotinho, e a outra com Bruno Dauaire ( estadual) e Clarissa (federal.


DAVI - Já no plano regional, a novidade deste início de 2022 fica por conta da pré-candidatura a deputado estadual do ex-prefeito de São Fidélis, Davi Loureiro. (leia mais abaixo)


Davi pode ter o apoio do grupo Garotinho nos municípios da região Noroeste, de São Fidélis pra cima.




Morre Gustavo Pinho, vereador de Laje do Muriaé

O prefeito de Laje do Muriaé decretou luto oficial por três dias




05/01/2022 09:09:08.

Faleceu nesta terça-feira (04), o vereador do município de Laje do Muriaé, Gustavo Pinho (PSC), também conhecido como Gustavo do Idi. No próximo dia 10 de fevereiro, ele completaria 41 anos. (leia mais abaixo)


O vereador já estava em seu quarto mandato, no qual se dedicava aos menos favorecidos. (leia mais abaixo)


O prefeito de Laje do Muriaé decretou luto oficial por três dias.




Igor quer 'congelar' tarifa de Águas do Paraíba por 3 anos

Vereador Igor Pereira pede proibição de reajustes nas contas de água e esgoto




04/01/2022 15:03:03.

O vereador Igor Pereira (Solidariedade) protocolou, nesta segunda-feira (03/01), um ofício solicitando que o prefeito Wladimir Garotinho proíba qualquer pedido de reajuste nas tarifas da concessionária Águas do Paraíba pelos próximos três anos, assim como o reajuste do contrato. Em sua avaliação, a população de Campos ainda sofre os efeitos econômicos da pandemia e não pode arcar com o aumento no custo dos serviços de água e esgoto. (leia mais abaixo)


- Sabemos que as gravíssimas dificuldades que vieram com a pandemia de Covid-19 não se resolverão durante o ano de 2022. Sendo assim, conceder reajuste ou alinhamento sobre qualquer índice para este ano ou os próximos dois será extremamente injusto para os cidadãos. Ainda mais um reajuste vindo de uma empresa que vem prestando péssimos serviços aos cidadãos de Campos – justificou o vereador. (leia mais abaixo)


No ofício 001/2022, Igor Pereira cita as próprias palavras de Wladimir, que atendeu a uma recomendação da Câmara de Vereadores e deixou de aplicar o reajuste contratual de 18,10% e o alinhamento tarifário de 1,946% requerido pela concessionária. “Espero sinceramente que o prefeito tenha a sensibilidade de acatar nossa solicitação”. (leia mais abaixo)


RELATÓRIO REPROVADO - Em novembro, por unanimidade, os vereadores de Campos reprovaram o relatório da Águas do Paraíba – uma exigência da Lei Orgânica do Município para que a concessionária evidencie a qualidade dos serviços prestados à população. O parecer da Comissão dos Serviços Concedidos do legislativo campista aponta que as tarifas de água e esgoto são cobradas conjuntamente mesmo em residências onde o tratamento de esgoto é inexistente ou ineficaz. (leia mais abaixo)


O parecer também aponta que a concessionária descumpre prazos e não executou na totalidade a implantação do sistema de esgotamento sanitário em Guarus, além de não completar o Plano de Saneamento. Outra crítica feita pelos vereadores diz respeito à maneira insatisfatória como a Águas do Paraíba faz a recomposição do pavimento das ruas após as intervenções realizadas para corrigir vazamentos.




Morre ex-presidente da Câmara de Vereadores de Macaé

Entre as principais conquistas de seu mandato estão a campanha pela luta dos royalties de petróleo e a instalação da Escola Técnica Federal, hoje Instituto Federal Fluminense (IFF)




04/01/2022 15:03:36.

A Prefeitura de Macaé divulgou uma nota lamentando o falecimento do ex-vereador Rubem Gonzaga Almeida Pereira, de 75 anos. Vereador por dois mandatos, entre o final da década de 70 e início dos anos 1980, ele também foi presidente da Câmara Municipal por duas vezes.  A causa da morte não foi informada. (leia mais abaixo)


Entre as principais conquistas de seu mandato estão a campanha pela luta dos royalties de petróleo e a instalação da Escola Técnica Federal, hoje Instituto Federal Fluminense (IFF), que contribuíram para a transformação do município.(leia mais abaixo)


Rubem deixa a esposa, Cirlene, um filho, nora e netas. O enterro será nesta terça-feira (04), às 16 horas, no município de Quissamã.(leia mais abaixo)


A nota acrescenta ainda que "neste momento de dor, a gestão municipal se solidariza com familiares e amigos, e expressa as mais sinceras condolências."




26 pré-candidatos a deputado em Campos: caras novas e lideranças consolidadas

ELEIÇÕES 2022 – Confira listagem de pré-candidatos do município apurada pelo Campos 24 Horas




02/01/2022 09:09:23.

Este ano, de acordo com listagem apurada nos últimos dias pela reportagem do Campos 24 Horas, há pelo menos 26 pré-candidatos a deputado de diferentes profissões que tiveram seus nomes cogitados ou manifestaram desejo de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa (Alerj) ou na Câmara Federal. A eleição de 2022 em Campos e região tem deputados, vereadores e candidatos com apoio de prefeitos que, teoricamente, entram na disputa com mais chances, como são os casos de Rodrigo Bacellar (SD), Bruno Dauaire (PSC) e Clarissa Garotinho (Pros), Caio Viana (PDT), quatro vereadores em exercício e a primeira-dama Tassiana Oliveira. Já entre os novos nomes, despontam o engenheiro civil Tarcísio Miranda, neto do ex-senador que tem o seu mesmo nome, e o empresário e atual secretário de Desenvolvimento de Campos, Marcelo Mérida (PSC). E também os pré-candidatos do campo socialista, como o petroleiro José Maria Rangel e a professora Natália Soares, entre outros. No segmento evangélico, despontam o pastor Éber Silva e o empresário Renê Siqueira. (leia mais abaixo)


Outras lideranças já conhecidas e testadas nas urnas como o ex-governador Anthony Garotinho, e o ex-presidente da Câmara, o presidente da Câmara Fábio Ribeiro (PSD),  e o ex-deputado federal e ex-presidente da Câmara, Marcão Gomes (Cidadania), estão de olho numa cadeira na Câmara Federal. Garotinho depende ainda de solucionar pendências judiciais. Caso consiga superá-las, deve levar a reboque nas urnas um conjunto de outros aliados.  (leia mais abaixo)


Ainda no grupo do ex-governador, o empresário Renê Siqueira (PSC), marido da ex-vereadora Rosilani do Renê e dono da empresa LinPin, é outro nome cogitado para disputar uma cadeira na Alerj.  (leia mais abaixo)


Outras vagas no mesmo agrupamento político, seriam dos vereadores Thiago Rangel (Pros) e Juninho Virgílio (Pros). (leia mais abaixo)


No PDT, Caio Vianna, atual secretário de Ciência e Tecnologia de Niterói e candidato nas últimas eleições para prefeito de Campos com 110 mil votos, disputa uma vaga de deputado federal. Vianna fará dobradinha com Vitor Junior, ex-secretário de Obras de Niterói e ex-vereador na ex-capital fluminense.  (leia mais abaixo)


No grupo liderado pelo deputado estadual Rodrigo Bacellar,  o vereador Igor Pereira (SD), que integra o grupo independente na Câmara, desponta como pré-candidato a deputado federal. Há também o médico Bruno Calil (SD), pré-candidato a uma cadeira na Câmara Federal, que, possivelmente, fará dobradinha com o próprio Rodrigo. Mas, Rodrigo ainda não confirmou com quem fará dobradinha nas eleições de outubro próximo. (leia mais abaixo)


O pastor e ex-deputado federal Eber Silva (DEM) deve disputar uma cadeira na Alerj como um dos representantes do segmento evangélico. Em recente entrevista ao Campos 24 Horas, Eber disse que escolherá até março o partido pelo qual pretende se candidatar. Ele foi candidato a vice-prefeito nas últimas eleições, tendo Bruno Calil como cabeça de chapa.  (leia mais abaixo)   


O bombeiro militar Dimison Nogueira também poderá concorrer à uma cadeira na Alerj. Com serviços prestados ao esporte, especialmente ao remo, é um dos candidatos entre os que disputarão uma eleição pela primeira vez. O mesmo caso do servidor público estadual Tony Siqueira. (leia mais abaixo)  


CAMPO SOCIALISTA -  O sindicalista José Maria Rangel deve novamente concorrer à Câmara federal, pelo PT, enquanto a professora Odisséia de Carvalho, presidente do diretório municipal do partido, pode disputar uma cadeira na Alerj.  (leia mais abaixo)


No Psol, a professora Natália tem seu nome cogitado como pré-candidata à Alerj após o bom desempenho nas eleições de 2020 como candidata à prefeitura.  (leia mais abaixo)


O ex-deputado Roberto Henriques, pelo PC do B é outro nome que pode disputar o retorno à Alerj. Já o ex-presidente da Câmara Municipal de Campos e ex-deputado federal Marcão Gomes (PL) tenta retornar a Brasília.  (leia mais abaixo)


Nesta movimentação, os deputados federais Christino Áureo (PP) e Hugo Leal (PL), e o deputado estadual Gustavo Schimtd (PSL) que disputarão a reeleição e também buscam voto nas bases que tem em Campos, assim como Jair Bittencourt sai do Noroeste Fluminense com excelente votação para inflar sua musculatura em Campos na disputa da reeleição para a Alerj.  (leia mais abaixo)


Outras candidaturas regionais que despontam como competitiva é a do ex-prefeito de São Francisco de Itabapoana, Frederico Barbosa Lemos, que mira também a Alerj.  (leia mais abaixo)


Há ainda a pré-candidatura Alerj do produtor rural Marlon Guido (PSC), que foi  candidato a vereador nas últimas eleições.