06/08/2022, 00h20, Foto: Reprodução

A maioria das mulheres já lidou de vez em quando com períodos menstruais intensos, cólicas menstruais às vezes muito fortes e sexo doloroso. Mas para até 10% das mulheres em idade fértil, esses sintomas sinalizam algo mais sério: endometriose. Nesta condição, o tecido do endométrio – o revestimento interno do útero – migra para fora e adere a partes do corpo próximas, como as trompas de falópio, bexiga ou intestinos. Todos os meses durante o ciclo menstrual, o tecido endometrial torna-se inflamado e incha. (leia mais abaixo)


"A endometriose é uma zona de guerra", diz à Health o médico Tamer Seckin, fundador e diretor médico da Fundação de Endometriose da América (EFA) e autor de The Doctor Will See You Now: Recognizing and Treating Endometriose (O médico verá você agora: reconhecendo e tratando a endometriose – em tradução livre). "Se não for tratada, é uma ferida que nunca cicatriza durante a vida reprodutiva de uma mulher." (leia mais abaixo)


Sintomas de endometriose

O problema é que os médicos frequentemente confundem a endometriose com outras condições que podem causar dor pélvica, como síndrome do intestino irritável, doença inflamatória pélvica ou até TPM (tensão pré-menstrual). E embora muitas mulheres com endometriose apresentem sintomas graves e debilitantes, algumas não apresentam nenhum. Se você estiver enfrentando estes sinais de endometriose - graves ou não - marque uma consulta com um especialista:


1-Menstruações dolorosas

Cólicas intestinais que não desaparecem depois de tomar alguns AINEs (anti-inflamatórios não esteroides) é um dos sinais característicos da endometriose. As dores abdominais podem começar alguns dias antes da menstruação e durar além dos primeiros dias do seu fluxo, diz Seckin. A dor pode ser tão debilitante que afasta a mulher das atividades diárias, diz ele.  (leia mais abaixo)


2-Sangramento excessivo

Com a endometriose, a dor implacável não é a única coisa que seu ciclo menstrual traz. O sangramento excessivo é outro sintoma comum da endometriose. Você pode ter de trocar o absorvente interno ou absorvente comum a cada uma ou duas horas durante o período menstrual e pode ver coágulos de sangue, diz Seckin.


3-Menstruação longa

Sua menstruação não deve ser superior a seis dias, diz médico. Com endometriose, os períodos podem durar mais de uma semana.


4-Sexo doloroso

Quando o tecido endometrial viaja para fora do útero, ele pode grudar em diferentes órgãos e "se congelar" naquele lugar. A falta de flexibilidade pode tornar o sexo muito doloroso. "Nos casos iniciais, a relação sexual pouco antes da menstruação é dolorosa", diz Seckin. "Mas em casos avançados, o sexo é doloroso o tempo todo". A excitação e o orgasmo doem – mesmo durante a masturbação, diz ele.


5-Movimentos intestinais e de micção dolorosos 

O tecido endometrial pode aderir aos intestinos, tornando algo tão simples quanto ir ao banheiro uma experiência indutora de retraimento. Os sintomas da endometriose intestinal podem variar de paciente para paciente e podem incluir constipação, diarreia, cólicas intestinais, náuseas, dor retal e sangramento retal.


6-Náusea e fadiga

Imagine a sua pior crise de TPM de todos os tempos – é provável que você já teve alguns dias se sentindo excepcionalmente cansada, um pouco dolorida e, talvez, até um pouco enjoada. Agora, amplie isso cem vezes e você terá uma ideia melhor de como é lidar com os sintomas da endometriose durante a menstruação. Ela pode causar náuseas, vômitos e exaustão persistentes que pioram nesta época do mês. (leia mais abaixo)


7-Infertilidade

Aproximadamente 30% a 40% das mulheres com endometriose apresentam problemas de fertilidade, de acordo com a Fundação de Endometriose da América. Na verdade, muitas mulheres nem percebem que têm endometriose até procurarem tratamento de fertilidade.


Fonte: Dr. Jairo Bouer

Entre para nosso
Grupo WhatsApp

Fique sempre bem informado sobre as últimas notícias!