04/08/2022, 08h12, Foto: Divulgação

O prefeito do Rio e presidente do PSD em todo o Estado, Eduardo Paes, convocou o pastor Eber Silva para disputar pela legenda o cargo de deputado federal, o qual ambos foram juntos na legislatura que se encerrou em 2002. Dos tempos de plenário em que exerciam o mandato parlamentar ficou uma amizade que desenvolveu e fez com que Paes confiasse a Eber a presidência do PSD cristão em todo o Estado e colocasse o pastor em todas as reuniões estratégicas do partido. (leia mais abaixo)


Com uma grande força em Campos, devido os mais de 30 anos como pastor presidente da Segunda Igreja Batista na cidade, Eber Silva tem ainda articulação política em vários municípios do Rio, além de grandes capitais, pois chegou a presidir a Ordem dos Pastores Batistas do Brasil e conheceu de perto a realidade das igrejas e pastores das cidades fluminenses. (leia mais abaixo)


Para o pastor Eber, a convocação de Paes para a disputa a federal veio pelo respeito, por conhecimento da sua capacidade técnica e pela necessidade de uma representação dos valores cristãos e da família.  " Fomos deputados juntos, temos um carinho fraternal e entendo esse pedido dele, essa convocação irrecusável que ele me fez. Me posicionei diante da importância de termos uma voz em Brasília defendendo a família e os valores cristãos. Fico muito feliz em estar empenhado na missão buscar uma cadeira Casa legislativa, onde já estive. Trata-se de uma oportunidade de representar uma luta contra a intolerância religiosa, a alta carga tributária e a doutrinação das crianças na escola que vem ocorrendo e é inadmissível", afirmou Eber Silva

Entre para nosso
Grupo WhatsApp

Fique sempre bem informado sobre as últimas notícias!