10/05/2022, 09h11, Foto: Divulgação

Mesmo preso preventivamente desde agosto do ano passado, Glaidson Acácio dos Santos, o “Faraó dos bitcoins”, se filiou ao partido Democracia Cristã (DC) e pretende disputar uma vaga de deputado federal pelo Rio de Janeiro. Ele se juntou à sigla de José Maria Eymael, pré-candidato pela sexta vez na disputa pela presidência da República. (leia mais abaixo)


A informação foi publicada pela revista “Veja” e confirmada pelo GLOBO. Ex-garçom, Glaidson é acusado pela Operação Kryptos de lesar milhares de investidores a quem prometia rendimentos vultosos mediante supostas transações com criptomoedas operadas através de sua empresa GAS Consultoria. (leia mais abaixo)


Ele é alvo de acusações de lavagem de dinheiro, organização criminosa e crimes contra o sistema financeiro nacional. Também responde pela tentativa de homicídio de um concorrente, que também atuava oferecendo investimentos com criptomoedas em Cabo Frio, cidade da Região dos Lagos que era a base das operações do grupo. (leia mais abaixo)


Glaidson encontra-se preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio. Segunda sua defesa, como o ex-garçom está preso preventivamente e ainda não há condenações na Justiça, sua candidatura não pode ser barrada pela Lei da Ficha Limpa.


Fonte: O Globo

Entre para nosso
Grupo WhatsApp

Fique sempre bem informado sobre as últimas notícias!