Atualizado em 19/12/2021, 12h16, Foto: Campos 24 Horas

(Vídeo da entrevista no final da página) - O MDB irá caminhar com o governador Cláudio Castro para a disputa da sucessão estadual no Rio. O deputado federal e ex-ministro do Esporte, Leonardo Picciani, presidente estadual da sigla, destacou a robustez do partido no Estado e as apostas nas nominatas de candidatos para as eleições de 2022. Candidato à reeleição para Câmara dos Deputados, Picciani esteve em Campos nesta sexta-feira (17) para filiação do engenheiro Tarcísio Miranda, pré-candidato a deputado estadual. Picciani falou ao Campos 24 Horas sobre a sucessão estadual e como vê a pré-candidatura do novo companheiro de partido, Tarcísio Miranda. (leia abaixo)


— Tarcísio é a renovação que desejamos no MDB. Nós estamos organizando um partido que tem muita capilaridade com presença em todos os municípios do Estado, contando com chapas muito competitivas para deputado estadual e federal e a pré-candidatura candidatura do prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, para o Senado. Na sucessão estadual apoiaremos a reeleição do governador Claudio Castro que tem cuidado muito bem das finanças do Estado com um trabalho muito austero e responsável, iniciando um programa de investimentos que irá beneficiar muito todos os municípios do nosso Estado, especialmente as pessoas que mais precisam — acrescentou.   (leia mais abaixo)


 — O momento é de muito trabalho porque o país passa por tempos muito difíceis com famílias enfrentando muitas dificuldades em seu dia a dia na hora de levar seu sustento para casa e honrar seus compromissos. A gente vê esta situação com preços subindo preços e vida mais cara, mas a mensagem é de esperança e trabalho no sentido de somar forças com nossa atuação política para vencermos esta crise com uma política de geração de emprego e renda que dê dignidade ao nosso povo, e isso haverá de acontecer no próximo ano — avaliou Leonardo Picciani. (leia mais abaixo)


— É isso que nos move e eu me orgulho de ser político. Tem gente que entra para política e diz que não é político com essa conversa: “Olha, sou candidato, estou pedindo seu voto, mas não sou político. Isso gera desconfiança. É como se você estivesse num hospital e dissesse para o paciente: “Vou tentar resolver seu problema, mas eu não sou médico. Vou tentar uma solução para o seu problema, mas não sou advogado. É preciso que essas pessoas parem de enganar pessoas. Temos que assumir a boa política e buscar soluções que só através da política iremos conseguir — disse o presidente do MDB fluminense. (leia mais abaixo)


Sobre o postulante campista, Picciani reforçou o elogio ao jovem novo companheiro de partido. “Tarcísio representa a renovação, sangue novo e vontade de realizar. .Vai fazer um grande trabalho como excelente representante da região para deixar gravado na História seu nome e sua marca", finalizou.  


Entre para nosso
Grupo WhatsApp

Fique sempre bem informado sobre as últimas notícias!