Atualizado 10/01/2022, 07h25, Fotomontagem/Campos 24 Horas

(Última atualização às 11h18 de 10/01/2022) - O nível do Rio Paraíba do Sul chegou a 9,92m às 11h da manhã desta segunda-feira (10), em Campos. A medição está sendo realizada a cada meia hora. Com base em análise contínua do Setor de Monitoramento do órgão, observa-se que a elevação média é de 3 centímetros por hora. A cota de transbordo é de 10,40m, mas há expectativa que o rio comece a baixar nos próximos dias, de acordo com o comandante da Defesa Civil Municipal, coronel Alcemir Pascoutto, que falou ao Campos 24 Horas a respeito do monitoramento dos rios da região e ainda sobre o trabalho que o órgão faz em alguns pontos de Campos, como as localidades de Três Vendas, Imbé e Ururaí, bairro Novo Jockey e a Vila dos Pescadores, em Farol, entre outros, num momento em que as chuvas não dão trégua. O nível do Paraíba subiu nesta madrugada de domingo, conforme mostramos na imagem acima. (leia mais abaixo)


Almir Pascoutto afirma que a Defesa Civil dá atenção especial ao monitoramento da vazão da barragem de Santa Cecília, em Barra do Piraí, e as chuvas de Minas Gerais. Nas últimas horas, houve chamados para alagamentos em alguns pontos de Guarus, Parque Aurora, Pecuária e Novo Jóquei. (leia mais abaixo)


“Campos faz os devidos monitoramentos com prefeituras e Corpo de Bombeiros e estamos estado de atenção por conta das chuvas, principalmente em Minas Gerais, em razão dos  afluentes do Paraíba, sobretudo o Muriaé. Mas, a nossa população deve se manter tranquila, já que o Paraíba deve passar da cota de 9 metros nas próximas horas e, em seguida, baixar. A cota de transbordo do rio na cidade é de 10,40 metros. O que também nos tranquiliza é que o mar tem maré baixa e recebe bem as aguas do Paraíba”, afirmou Pascoutto. (leia mais abaixo)


Segundo ele, a previsão é de que Campos e a região região tenham chuvas intensas até esta segunda-feira. “Já na terça ou quarta-feira, não teremos mais chuvas. Mas, por outro lado, as previsões podem mudar e vamos manter todas as nossas equipes de plantão”, destacou o comandante da Defesa Civil. (leia mais abaixo)


IMBÉ, TRÊS VENDAS, NOVO JOCKEY E VILA DOS PESCADORES– Alcemir Pascoutto ainda informou que há atenção especial com esses quatro pontos. “Apesar do nível do rio que corta o Imbé ter subido consideravelmente nas últimas horas, não há maiores problemas e nem comunidades isoladas”, salientou. Acrescentou que, na Vila dos Pescadores, em Farol, já há equipes da prefeitura atuando neste domingo com bombas em ruas alagadas. (leia mais abaixo)


A respeito do Novo Jockey, as equipes devem atuar no bairro, segundo Pascoutto, em virtude de problemas antigos no local. “Mas, essa situação vai melhorar, pois o governo Wladimir realizará obras no bairro”, garantiu Pascouto. (leia mais abaixo)


Em Três Vendas, segundo também o comandante, a situação está sob controle neste domingo, com o canal que recebe água do Muriaé em situação normal. “Temos uma pessoa da nossa equipe nesta localidade e que nos passa informações a todo momento. Não houve ocorrências por lá”, concluiu.(leia mais abaixo)


Alerta: nível do Paraíba alcança 9,89m e segue elevando 3cm por hora

Às 10h desta segunda-feira (10), última medição realizada pela Secretaria de Defesa Civil, o Rio Paraíba do Sul atingiu a cota de 9,90 metros. Com base em análise contínua do Setor de Monitoramento do órgão, observa-se que a elevação média é de 3 centímetros por hora. O nível do rio neste momento está a 51 centímetros da cota de transbordamento, que é de 10,40 metros. O reservatório de Santa Cecília segue mantendo a liberação da vazão defluída muito alta e o Paraíba segue recebendo grande volume de água de seus afluentes, por isso, o nível ainda não começou a baixar. A Defesa Civil está em alerta, realizando vistorias em áreas ribeirinhas e vulneráveis e orientando a população.(leia mais abaixo)


O secretário de Defesa Civil, coronel Alcemir Pascoutto, junto com o Superintendente Regional do Inea, Eduardo Crespo, irá vistoriar as comportas da tomada do Paraíba nesta segunda-feira (10), para verificar o funcionamento e avaliar a possibilidade de fechamento, a fim de facilitar a drenagem de água de chuva na área urbana do município.(leia mais abaixo)


No último domingo (9), Pascoutto esteve na Ilha do Cunha e na Coroa, acompanhando a situação no local e orientando os moradores a não se exporem à situação de risco. “Prezamos pela vida. As famílias que permanecem nestas áreas vivenciaram enchentes algumas vezes e sabem bem o que fazer nestes casos e o momento de deixarem suas residências. A situação nestes pontos ainda está sob controle. Nossa orientação para todas as pessoas é que em qualquer sinalização de risco, busquem abrigo em locais seguros”, orientou o Secretário.(leia mais abaixo)


Muriaé — O nível do Muriaé também está acima do normal. Na altura da localidade de Três Vendas, próximo ao limite entre os municípios de Campos e Cardoso Moreira, o rio já saiu da calha e atingiu a área de pasto do lado oposto às residências da localidade. A Defesa Civil também monitora o Muriaé e nota que, assim como o Paraíba, sua elevação acontece de forma mais lenta que no último final de semana. A normalização do Muriaé depende também da diminuição do nível do rio Paraíba, uma vez que o Muriaé desemboca nele.(leia mais abaixo)


Apoio — Em caso de emergência, a população pode acionar a Defesa Civil a qualquer hora do dia ou d noite, através dos telefones 199 ou (22) 98175-2512.

Entre para nosso
Grupo WhatsApp

Fique sempre bem informado sobre as últimas notícias!