Buscar:

Envie textos e fotos: Watsssap (22) 9 9709-9308

}

Suspeita de matar empresária se apresenta na delegacia

18/11/2017, 09h16, Foto: Reprodução-Facebook

Atualizada em 21/11/2017 – 14h – Islay Cristina Pereira de Souza, apontada como acusada em matar a empresária Raquel Melo Mota, de 39 anos, durante uma briga de trânsito se apresentou na companhia de um advogado nesta terça-feira (21) na 123ª DP de Macaé. Uma coletiva de imprensa com o delegado titular Filipi Poeys está marcada para essa quarta-feira (22). 

A acusada já responde outros processos criminais, sendo um deles em Fortaleza, sua cidade natal e outro em Macaé.

Atualizada às 09h41 – O marido Raquel Melo Mota, de 39 anos – morta em uma briga de trânsito – divulgou em sua rede social nesta segunda-feira (20), que a acusada de matar sua esposa irá se apresentar nesta segunda-feira (21) a 123ª DP de Macaé.

O crime aconteceu no último sábado (18) no Centro de Macaé e o sepultamento do corpo de Raquel aconteceu neste domingo (19) no cemitério de Rio das Ostras.

Suspeita de matar empresária é ‘caçada’ em Macaé

(Atualização 20/11 – 07h12) – Foi sepultado neste domingo, em Rio das Ostras, o corpo da empresária Raquel Melo Mota, de 39 anos. O clima era de comoção. Raquel foi morta durante uma briga de trânsito em Macaé(abaixo).

A foto de uma suspeita do crime foi divulgada. Ela teria avançado um sinal de trânsito, momento em que a vítima teria buzinado, iniciando a discussão que culminou no crime.

A suspeita pegou uma faca e deu três golpes. O golpe fatal foi no tórax e chegou a atingir o pulmão.

O CRIME

Uma discussão de trânsito terminou em tragédia em Macaé na manhã deste sábado (18). Raquel Melo Mota, de 39 anos, levou três facadas, chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu. Um dos golpes atingiu o tórax e perfurou o pulmão da vítima. A autora do crime foi uma mulher, e o crime ocorreu em frente a um condomínio, em Barra de Macaé.

Raquel era empresária, casada e deixou uma filha de 13 anos. O sepultamento será às 11h deste domingo em Rio das Ostras.

Fontes da polícia informam que uma suspeita já foi identificada, mas seu paradeiro ainda é desconhecido. O caso foi registrado na 123ª DP.

MARIDO POSTA MENSAGEM

A família recebeu muitas mensagens através das redes sociais. “Você sempre estava disposta a ajudar quem quer que seja. Aprendi muito com você, ter alto controle, ser paciente, cuidadoso e tudo mais…Você vai me fazer tanta falta, torço para que você continue cuidando de mim de onde estiver”, postou o marido de Raquel, Vanderson Fernandes.

Amigos também lamentaram o ocorrido. “A saudade já me sangra a alma. Minha amiga de anos companheira de alegrias, choros e tudo….Era na sua casa que eu achava refúgio para tudo. Era no seu ombro que por muitas vezes deitei…Era no seu sorriso que por muitas vezes fiquei feliz…”, dizia um dos depoimentos.

Raquel era casada e deixou uma filha de 13 anos.

O sepultamento será às 11h deste domingo  em Rio das Ostras.

Fonte da polícia informam que uma suspeita já foi identificada, mas seu paradeiro ainda é desconhecido. O caso foi registrado na 123ª DP.

Compartilhe

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail: