Buscar:

Envie textos e fotos: Watsssap (22) 9 9709-9308

}

Rodoviários param nesta segunda; Diniz se reúne com sindicato da categoria

Trabalhadores de todas as empresas aderiram a paralisação

09/10/2017 08h19 | Foto: Filipe Lemos/Campos 24 Horas

Mais uma vez os rodoviários de Campos cruzaram os braços por falta de pagamento. Desta vez, todas as empresas – São Salvador, Turisguá, Cordeiro, São João e Rogil – que atendem ao município pararam na manhã desta segunda-feira (09). Os trabalhadores estão reunidos no Terminal Rodoviário, no Centro de Campos. Segundo a assessoria da Prefeitura, está prevista para hoje às 10h uma reunião entre o prefeito e o presidente do Sindicato da categoria afim de uma solução para o impasse que resultou na paralisação.

De acordo com os trabalhadores da empresa São João, eles estão com dois meses de salário atrasados, já os da Turiguá são três meses sem salário. Eles afirmam que com o aumento da passagem o movimento em caixa aumentou cerca de R$ 25% e mesmo assim não receberam seus salários.

Davi Lopes, vice-presidente do sindicato da categoria informou ao Campos 24 Horas que hoje às 10h está marcada uma reunião e que a paralisação foi uma surpresa. “A gente não tinha conhecimento dessa paralisação, e hoje está prevista uma reunião entre a Prefeitura e o presidente do sindicato”, acrescentando que as portas do sindicato estão sempre de portas abertas para o trabalhador e confirmando que há empresas que estão com três meses de salários pendentes.

NOTA DA PREFEITURA

O Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) informou que já convocou reunião junto aos consórcios e o sindicato dos Rodoviários, nesta segunda (09). A Prefeitura vem mantendo os repasses aos consórcios em dia, de janeiro a agosto deste ano, e mantém diálogo para pagamento refente ao mês de setembro.  É importante ressaltar que segundo legislação, os consórcios devem manter 30% das frotas em circulação nas ruas da cidade para atendimento à população.

Compartilhe

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail: