Buscar:

Envie textos e fotos: Watsssap (22) 9 9709-9308

}

Rejeitos industriais lançados no Rio Pomba deixam água branca em Pádua

Caso foi flagrado nesta sexta-feira (29) e neste sábado agentes do INEA e da UPAm estiveram no local constatando possível crime contra o Meio Ambiente

1°/10/2017 10h30 | Foto: Divulgação

Além da estiagem severa, o Rio Pomba também está sendo castigado pela poluição. Nesta sexta-feira (29) um vídeo feito por um pescador mostrando suposta contaminação das águas viralizou nas redes sociais.

O pescador narra a situação e segundo ele, uma “nata” de restos de papel teria sido lançada por uma indústria situada na estrada Pádua-Campelo, próximo ao bairro Mirante. O rejeito, aparentemente sem qualquer tratamento, acabou deixando a água com coloração esbranquiçada. No fundo do rio, o material se acumulava como uma lama branca.

“Olha o estado da água no Quebra Anzol! Está pior que leite. Olha que nata! […] O fundo do rio chega a ferver. Não podem fazer isso com o nosso rio.”, disse o pescador.

O trecho onde o lançamento ocorreu o despejo da substância apresentava mau cheiro, mas não há informações concretas se o material lançado é de fato prejudicial à saúde humana, embora seja certo que interfira no ecossistema do rio, já fragilizado pelo baixo nível.

Operação contra a poluição

Na manhã deste sábado (30) o Instituto Estadual do Ambiente esteve no local poluído, junto com a Guarda Ambiental de Santo Antônio de Pádua e policiais da 3ª Unidade de Polícia Ambiental do Desengano para verificar a denúncia.

Embora a empresa tenha apresentado toda a documentação legal, os agentes constataram que no esgoto da indústria saía água de cor turva e havia uma grande quantidade de dejetos de cor cinza, aparentando suposta poluição.

O caso está sendo investigado como crime ambiental (Artigo 54 da lei 9.605/98) e foi comunicado à 136ª Delegacia Legal de Santo Antônio de Pádua. A Polícia Civil determinou que o local possivelmente poluído fosse periciado.

A redação do Folha Itaocarense entrou em contato com a empresa para esclarecimentos, mas fomos informados de que não havia ninguém conversar com a imprensa neste fim de semana.

Fonte: Folha Itaocarense 

Compartilhe

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail: