Buscar:

Envie textos e fotos: Watsssap (22) 9 9709-9308

}

REGIÃO

Baleia jubarte de 8 metros é encontrada morta em praia

Uma baleia jubarte foi encontrada morta encalhada na Praia de Figueira, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, neste domingo (24). Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o animal tem cerca de 8 metros e pesa aproximadamente 3 toneladas.

De acordo com Alex Vicente, chefe dos Guarda Vidas, o animal já estava morto quando foi encontrado. “Recebi a ligação de um pescador na noite deste domingo e fui até o local. Ela (a baleia) já estava morta quando eu cheguei lá”, informou o chefe da guarda.

Segundo Carlos Augusto, agente de fiscalização do ICMBio, apesar de só ter aparecido na praia neste domingo, o animal aparenta estar morto há mais tempo. Segundo ele, pelo estado de decomposição, o animal deve estar morto há pelo menos 7 dias.

O G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Arraial do Cabo que informou que o ICMBio irá orientar uma equipe para a retirada da carcaça da baleia.

Fonte: G1 Região Lagos

PM reformado é baleado na cabeça durante tentativa de assalto

O policial militar reformado, ainda não identificado, foi baleado na cabeça na manhã desta segunda-feira (25), no bairro Aroeira, em Macaé.

De acordo com a polícia, a princípio, a vítima trafegava por uma rua em sua moto, quando foi abordado por dois homens em uma tentativa de assalto.

O agente foi socorrido e levado para o Hospital Público de Macaé e ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

O caso foi registrado na 123ª DP da cidade para investigação.

Operação Noroeste Seguro: segunda fase começa nesta segunda (25)

Na próxima segunda-feira (25) começa a segunda fase da Operação Noroeste Seguro em nove cidades da área de abrangência do 29º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A ação abrange além de Itaperuna, Italva, Bom Jesus do Itabapoana, Cardoso Moreira, Varre-Sai, Natividade, Porciúncula, Laje do Muriaé e São José de Ubá.

Serão realizadas abordagens a veículos e pedestres em pontos estratégicos e também nas divisas com os estados de Minas Gerais e Espírito Santo. A finalidade da ação é coibir crimes como roubos e furtos de veículos, porte de armas e tráfico de drogas.

Cadastro para regularização de quiosques a partir desta segunda (25)

A Prefeitura de São João da Barra, por meio da Secretaria de Planejamento e Informatização, iniciará segunda-feira, 25, o cadastramento de todos os quiosques do município. O serviço será realizado no Setor de Postura, localizado na Rodoviária Municipal, no centro da cidade. O atendimento será de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

No ato do cadastro deverá ser preenchido um formulário constando foto do permissionário e do quiosque. “A ação faz parte do Programa Municipal de Regulação e Regularização das atividades de Comércio e Permissionários”, comentou o secretário de Planejamento e Informatização, Sávio Saboia, explicando que o objetivo é normatizar as atividades levando em consideração a Legislação aplicável e identificar a quantidade de quiosques em operacionalização.

– O cadastro deve ser realizado por todos os munícipes que possuem atividade de comércio permissionado já constituída, licenciada ou não, sob pena de não obtenção de licenciamento futuro – informou o gerente de Planejamento e Informatização, Luciano Barreto.

“A efetivação do cadastro não garante a licença e permanência no atual local de trabalho, onde a disponibilização do ponto e legalização da atividade somente será confirmada no final do programa, após avaliação de cada caso” completou Luciano, acrescentando que a Secretaria fará um levantamento de possíveis áreas e pontos que se enquadram na legislação aplicada a esse serviço e aos permissionários.

Fonte: Comunicação SJB

MPRJ denuncia e Juiz decreta prisão de ex-presidente da Câmara e empresário

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Promotoria de Justiça de Itaocara, obteve a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara Municipal de Itaocara, Michel Ângelo de Freitas. Ele já estava preso provisoriamente. O MPRJ denunciou Michel Ângelo e o empresário Vandir Dias de Freitas por dispensa ilegal de licitação e corrupção.

De acordo com a denúncia, entre 2011 e 2012, quando foi presidente da Câmara Municipal de Itaocara, Michel Ângelo contratou com dispensa ilegal de licitação a sociedade empresária VDF Sistemas de Informática LTDA, cujo representante legal é Vandir Dias, para prestar à Câmara os serviços de locação de sistemas informatizados, bem como a instalação e o treinamento dos servidores para a utilização dos mesmos.

Segundo o MPRJ, há indícios de que a contratação ilegal decorreu do pagamento de propina para o ex-vereador. A denúncia aponta que nos processos de pagamento da Câmara, relativos ao ano de 2011, há referência a uma licitação pelo Convite 01/2011, para contratação dos serviços prestados pela VDF. Porém, o procedimento de licitação jamais foi encontrado pelo MPRJ, indicando que a licitação não ocorreu. Assim, houve a contratação direta da empresa pelo valor mensal de R$ 2,5 mil.

Já nos processos de pagamento do ano de 2012 há menção a um novo acordo entre a Câmara e a VDF, pelo tipo de licitação classificado como “dispensável”. Neste caso, não houve uma possível prorrogação da licitação supostamente ocorrida em 2011. De acordo com a ação, o que houve na prática foi uma contratação com dispensa de licitação, desta vez no valor de R$ 3,2 mil. Segundo a denúncia, o fato está em desacordo com a legislação, uma vez que o contratado supera em muito o valor total de R$ 8 mil, teto previsto na Lei Federal nº 8.666/93 para este tipo de contrato.

Ainda de acordo com a denúncia, três cheques emitidos pela Câmara Municipal em favor da VDF tiveram como destinatário final o próprio ex-presidente. Segundo a ação, ele solicitou a uma assessora que descontasse os cheques no banco e lhe entregasse os valores em espécie.

De acordo com a denúncia, caso condenado, Michel Ângelo estará sujeito às penas do artigo 89 da Lei de Licitações (Lei Federal nº 8.666/93) e do artigo 317 do Código Penal (CP), observada a regra do art. 71 também do CP. Já Vandir Dias, caso condenado, estará sujeito às penas do artigo 89 da Lei de Licitações e do artigo 333 do Código Penal, também na forma do art. 71 do CP. Em ambos os casos, as penas dos crimes de dispensa ilegal de licitação e corrupção devem ser somadas, como prevê o artigo 69 do Código Penal.

Fonte: MPRJ

VÍDEO: Polícia encontra restos mortais de mulher desaparecida

A polícia, com o auxílio do Corpo de Bombeiros localizou na madrugada desta sexta-feira (22) os restos mortais de Celsiane Queiroz do Amaral, de 30 anos, que estava desaparecida desde o dia 6 de novembro do ano passado. A ossada foi encontrada na praia de Atafona, em São João da Barra. Segundo a polícia, o principal suspeito do crime é o ex-marido da vítima, que já está preso.

Segundo a polícia, L.F.D.N., 28 anos, teve a prisão preventiva decretada na última terça-feira (19). Na quarta-feira (20) a equipe da 145ª DP, coordenada pelo delegado titular Carlos Augusto Guimarães, conseguiu localizar o acusado e prendê-lo. Ele teria relutado para não falar sobre o caso, mas acabou confessado o crime, após a prisão em flagrante de sua irmã por furto de um celular ocorrido no banheiro da delegacia. Ele ele quebrou o silêncio e confessou o crime, informando ainda onde havia enterrado o corpo da vítima.

L. foi indiciado e denunciado pelos crimes de feminicídio, com qualificadoras de motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima, além de ocultação de cadáver.

Tatiany Queiroz do Amaral, irmã da vítima, contou que a família suspeitava do acusado, já que ela relatava constantes ameaças. “Ele saiu com ela e não voltou. Para todo mundo foi ele, até porque ela falava das ameaças dele, então não tinha mais ninguém que pudesse ter feito alguma coisa com ela”, disse.

A ossada foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) e o fato registrado na 145ª DP da cidade.

Incêndio atinge área de vegetação na Praia de Santa Clara

Na manhã desta sexta-feira (22), moradores da Praia de Santa Clara, em São Francisco de Itabapoana (SFI), se surpreenderam com um incêndio que ocorria próximo ao Projeto Orla, bem na graminha rasteira que protege a área, impossibilitando o carregamento avançado até as residências por ação e vento, predominante nordeste.  A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil acionou o Corpo de Bombeiros para apagar as chamas, numa ação integrada com auxílio de secretarias municipais.

Ao observar a graminha queimada, o secretário da pasta, Ilzomar Soares, relatou sobre o ocorrido. “Os três oficiais do Corpo de Bombeiros (subtenente Janderson, sargento Peixoto e o sargento Cláudio) levaram duas horas para combater o incêndio. As chamas queimaram aproximadamente mil metros quadrados da graminha rasteira, que possivelmente estava seca devido ao longo tempo que estamos sem chuvas”, ressaltou.

Quando apontado sobre as ocorrências no município, o secretário ainda falou que já foram combatidos 80 focos de incêndios, provavelmente oriundos de combustão espontânea, provocação, acidentes com guimba (toco) de cigarro, entre outros fatores.

“Quero agradecer as secretarias municipais: Obras, Urbanismo e Serviços Públicos, que nos deu apoio com um caminhão pipa; Transporte, que prontamente nos cedeu uma retroescavadeira para impedir que o fogo se alastrasse; Meio Ambiente e Defesa Civil, através dos funcionários que atuaram no local; além dos moradores, que nos ajudaram a combater o incêndio. Vamos continuar atentos às comunidades”, destacou Ilzomar.

Fonte: Ascom SFI

Eventos culturais e religiosos movimentam SFI neste final de semana

Este final de semana sanfranciscanos e visitantes poderão participar de quatro eventos em diferentes localidades de São Francisco de Itabapoana (SFI). São realizações culturais e religiosas que contam com o apoio do Governo Francimara, através da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio (SecTur).

Até domingo (24) acontecerá a 4ª Festa do Aipim, em Quatro Bocas, a partir das 19h. Mazinho & Banda e Sabrina do Forró serão as atrações musicais.  Também nesse período, a Assembleia de Deus de Barra do Itabapoana promoverá uma Festa da Roça com ministérios locais. Nos três dias de evento, o horário inicial previsto é 20h.

No sábado (23) começará a festa em louvor ao padroeiro de Sossego, São Miguel Arcanjo. Uma Santa Missa, às 19h30, abrirá a programação. Após, haverá show de sertanejo universitário e pop rock com Edivane Santos & Banda. Os festejos seguem até o dia 29, quando a Igreja Católica celebra o patrono da comunidade.

Já no domingo a Paróquia São Francisco de Paula encerra o Mês da Bíblia, com uma procissão entre o Trevo das Praias e a Igreja Matriz, no Centro, percorrendo a Avenida Vereador Edenites da Silva Viana, a partir das 18h. Um carro de som cedido pela prefeitura dará suporte ao ato religioso. Aos demais eventos serão ofertados palco, som e iluminação, além das atrações musicais citadas.

O secretário da SecTur, Augusto Alves, destaca que o atual governo tem investido tanto no turismo religioso, quanto nas atrações regionais. “São eventos de qualidade para toda a família”, afirmou.

Quissamã: contrato para construção de ciclovia e ciclofaixa

A prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco, e o superintendente da Caixa Econômica Federal (CEF) no Norte Fluminense, Denis Matias, assinam na próxima segunda-feira (25), às 14h, no hall da Prefeitura, contrato para repasse de recursos federais à construção da ciclovia e ciclofaixa, que irão ligar a ciclovia da Avenida Amilcar Pereira da Silva ao bairro Sítio Quissamã. A obra que terá cerca de 2 km de extensão vai ser viabilizada através de emenda parlamentar do deputado federal, Luiz Carlos Ramos, que participará do ato.

Segundo Fátima, o investimento vai garantir a mobilidade urbana, impactando positivamente na qualidade de vida da população. “O automóvel, que antigamente era visto como a opção mais eficiente de meio de transporte, hoje se apresenta como um problema para as cidades, já que a frota não para de crescer. Quissamã é uma cidade plana e oferece ótimas condições para pedalar. Grande parte da população se desloca para diversos pontos de bicicleta e, com a construção da ciclovia e ciclofaixa, ficará muito mais seguro transitar”, disse a prefeita.

Fátima Pacheco anunciou, ainda, parceria e articulação para lançamento nos próximos dias, de edital no valor de R$ 10 milhões para a construção de duas novas Estações de Tratamento de Esgoto (ETE), além da reforma e ampliação da existente no Centro, com recursos do Fundo Nacional de Saúde (FUNASA) e prefeitura. E, ainda, construção de uma creche padrão Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, no Sítio Quissamã, no valor de R$ 1,8 milhão, que atenderá 112 crianças em horário integral.

Medicamentos vencidos e prejuízo de R$ 500 mil em SFI

Uma grande quantidade de medicamentos vencidos, com datas de validade variando entre 2013 e 2016, durante a gestão do prefeito Pedrinho Cherene, foi encontrada num banheiro desativado de um prédio anexo ao Hospital Municipal Manoel Carola, na localidade de Ponto de Cacimbas, em São Francisco de Itabapoana (SFI). Segundo o secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista, a descoberta ocorreu durante as reformas realizadas no local. Embora os preços ainda não tenham sido contabilizados, um levantamento prévio revela que o prejuízo aos cofres públicos pode ultrapassar os R$ 500 mil.

“Estamos realizando obras e a descoberta ocorreu por acaso. Ao investigar a infiltração no meu gabinete, um operário necessitou ter acesso ao banheiro de uma sala de reuniões, que estava trancado, já que não era usado. Depois de arrombar o cadeado para realizar o reparo, os medicamentos foram encontrados”, revelou.

A farmacêutica Juliana Gatti, do Departamento de Assistência Farmacêutica, realizou uma conferência, elaborando um relatório com os números dos lotes e data da validade do material. “Vamos encaminhar os medicamentos para a Vigilância Sanitária, acionar o Ministério Público (MP) e a Procuradoria-Geral do Município, a fim de tomar as medidas cabíveis. A prefeita Francimara Barbosa Lemos já determinou a abertura de uma Sindicância Administrativa para apurar as responsabilidades”, explicou o secretário.

A diretora do Departamento de Vigilância Sanitária, Karina Abdu, revelou que inicialmente o material não poderá ser descartado. “Vamos lacrar e preservar os medicamentos, deixando-os longe da população. Enquanto o processo estiver em andamento no MP, o material precisa ficar à disposição do órgão, caso seja necessária uma perícia ou qualquer outro tipo de análise a ser realizada. Somente depois poderá haver a incineração dos remédios”, revelou Karina.

A farmacêutica Aureliana Melo Caetano Denes mencionou alguns materiais encontrados. “Observamos que a grande maioria dos medicamentos é composta por antibióticos, que servem para combater infecções. Existem ainda remédios injetáveis, alguns que podem custar até R$ 1 mil, e ainda alguns importados”, ressaltou Aureliana.

Fonte: Ascom SFI

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail: