Buscar:

Envie textos e fotos: Watsssap (22) 9 9709-9308

}

POLICIA

Bombeiros retomam buscas a homem que desapareceu no Rio Pomba

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros retomaram as buscas nesta quarta-feira (17) por um homem que desapareceu na tarde desta terça-feira (16) nas águas do Rio Pomba, em Santo Antônio de Pádua.

Denilson Jairo de Souza, de 45 anos, seria natural de Minas Gerais e visitava a família na cidade. Ele se banhava junto com alguns amigos em um local conhecido como ‘Prainha’, quando submergiu e não mais voltou. Ontem mesmo os mergulhadores iniciaram as buscas, mas no fim da tarde foram suspensas.

Plantão: material de kitesurf, carro e moto recuperados; material de jogo do bicho

Um carro furtado foi recuperado por policiais militares nesta terça-feira (16), em Campos. O veículo Fiat Uno de cor prata e placa MRX-5887 foi encontrado abandonado no cruzamento da Rua Crisanto Neves e Avenida 28 de Março.

O caso foi registrado na 134ª DP/Centro.

MATERIAL DE KITESURF RECUPERADO

A Polícia Militar recuperou material de kitesurf (desporto aquático que utiliza uma pipa (comummente chamada pelos praticantes de kite) e uma prancha com ou sem alças (uma estrutura de suporte para os pés), nesta terça-feira (16) que havia sido furtado em São João da Barra. O material foi encontrado após verificar que estava sendo anunciado em um site de compra e venda. Os militares fizeram contato com o suspeito e o detiveram na Avenida 28 de Março em frente a um shopping, no bairro Turf, em Campos.

O caso foi registrado na 134ª DP/Centro.

MATERIAL DE JOGO DE AZAR APREENDIDO EM BANCA NO TURF

Uma pessoa foi detida nesta terça-feira (16) após policiais militares apreenderem material de jogo de azar em uma banca situada na Benedito Queiroz esquina com Rua Antônio Manoel, no Turf Club, em Campos.

Foram apreendidos dois talões em branco, um talão com jogo de bicho pronto, uma impressora, um celular para realizar jogo e R$ 22 em espécie.

JOVENS DETIDAS COM MOTO FURTADA EM SÃO JOÃO DA BARRA

Duas jovens – uma de 20 e outra de 16 anos –  foram detidas na tarde desta terça-feira (16) com uma moto furtada na Praça Nossa Senhora dos Navegantes, no Centro de São João da Barra.

Informações davam conta de que as suspeitas estavam com o veículo de cor preta e sem placa. Uma equipe foi ao local e as suspeitas levadas para a 145ª DP da cidade, onde posteriormente os PMs foram informados a respeito de um acusado, que foi identificado como I.S.F.e localizado na Estrada do Imbaíba. Com ele foi encontrada a placa da moto.

I.S.F. também foi levado para a delegacia, sendo autuado e liberado.

 

Casal e bebê são atropelados na Arthur Bernardes

Um casal e um bebê foram atropelados por um carro na manhã desta quarta-feira (17) na Avenida Arthur Bernardes, em Campos. As vítimas estavam  em uma bicicleta e foram levadas para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

As causas do acidente não foram divulgadas.

PRF prende três homens transportando drogas para Natividade

Policiais Rodoviários Federais prenderam em flagrante três homens que transportavam drogas em um veículo. A ação ocorreu na noite de terça (16), nas imediações do km 133, da Rio-Teresópolis (BR-116), em Magé, Baixada Fluminense.

Na ação, que integra o planejamento de combate ao crime da Operação Égide, os PRF abordaram o veículo VW/SAVEIRO, tracionando um reboque. Durante a fiscalização, os policiais notaram certo nervosismo dos ocupantes, o que os levou a realizar uma busca no interior do veículo.

Foram localizados, sob o assento dianteiro do carona, cerca 500 gramas de maconha, além de papelotes de cocaína com inscrições “50” e “10” reais. Os três ocupantes, durante a fiscalização, mudaram diversas vezes a versão sobre quem seria o responsável pela droga. Havia indícios que demonstravam que o entorpecente teria sido adquirido no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio.

Os envolvidos, um agropecuário, um caseiro e um inspetor de escola, informaram aos policiais que seguiam para o município de Natividade, região Norte Fluminense, onde o primeiro residia. Além da droga, foi apreendido o valor de R$ 726 em espécie, encontrado com um dos ocupantes.

Na Delegacia de Polícia Civil de Duque de Caxias, para onde foram conduzidos os presos e o material apreendido, os ocupantes voltaram a se confundir sobre a origem e a propriedade do entorpecente. Os ocupantes podem responder pelo crime de tráfico de drogas, com penas que variam de 5 a 15 anos de prisão.

A Operação

O Rio de Janeiro recebeu um efetivo extra de integrantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para desenvolver a Operação Égide – com foco no combate ao roubo de cargas.

Lei que exige curso superior em Direito a candidato a oficial da PM é sancionada

Rio – O governador Luiz Fernando Pezão sancionou, nesta terça-feira, a lei que determina que os candidatos interessados em participar de Cursos para a Formação de Oficiais da Polícia Militar terão que ter o título de bacharel em Direito. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado e altera o Estatuto dos Policiais Militares do Estado do Rio.

A alteração, que era um desejo antigo da categoria, é uma forma de dar uma maior garantia jurídica a regra. O último concurso para a Formação de Oficiais da Polícia Militar cobrou a formação em Direito. Porém, a exigência foi questionada por alguns candidatos na Justiça. No fim, o Estado conseguiu validar o pré-requisito.

Anteriormente qualquer diploma de nível superior era aceito para os candidatos aos cargos de oficiais. Após ser constatado a necessidade de regulamentação, o projeto de lei que exigia formação específica foi encaminhado à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que aprovou a obrigatoriedade do diploma.

Sectids paga bolsistas e residentes do Hupe

A Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social (Sectids) informou que pagou nesta segunda-feira, todas as bolsas referentes ao mês de dezembro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), da Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (Uezo), além dos residentes do Hospital Pedro Ernesto.

De acordo com a Sectids, a previsão de compensação dos valores das bolsas é nesta sexta-feira. A pasta diz ter conseguido também uma suplementação orçamentária de mais de R$ 15 milhões para a aquisição de novos equipamentos para o Hospital Universitário Pedro Ernesto, a fim de suprir a carência de alguns equipamentos e também incorporar modernidade, qualidade, segurança e conforto aos pacientes.

Advogado suspeito de fraudes no INSS/Campos se entrega

O advogado Joacyr de Souza Conceição, de 71 anos(foto acima), que era um  dos foragidos da Operação Cardiopatas, se entregou na tarde desta terça-feira (16), na Delegacia da Polícia Federal em Campos. Ele é um dos investigados de um esquema de fraude no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que já teria causado um prejuízo de R$ 4,3 milhões.

Há mais dois suspeitos que tiveram prisão decretada e são considerados foragidos: Rogério Vasconcelos Maciel, morador da localidade de Campo Novo, na Baixada Campista, e Tiago Correa Tavares, residente em Barcelos.

CARDIOPATAS

A Polícia Federal deflagou, no último dia 12, a segunda fase da Operação Cardiopatas – comandada pelo delegado Vinicius Venturini –  que investiga a atuação de uma organização criminosa especializada em fraudes previdenciárias, que estariam ocorrendo desde 2010, com envolvimento de médicos e servidores do INSS. Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão em vários pontos da cidade. A operação está sendo desencadeada em Campos e, também, em São João da Barra.

Um dos mandados foi expedido contra um advogado, que não foi encontrado no distrito de Goitacazes, na Baixada Campista, onde ocorreram as buscas, acompanhadas por um representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Ainda de acordo com a PF, um homem e uma mulher – com problemas cardíacos – recebiam da organização a quantia de R$ 300 para realizar exames em nome de outras pessoas e assim tinham acesso aos laudos. Essa pessoa realiza de dois a três exames por mês que, posteriormente, beneficiariam outra pessoas.

A PF acrescentou ainda que os investigados responderão pelos crimes de pertencimento à organização criminosa, estelionato previdenciário e corrupção ativa.

O prejuízo do órgão já ultrapassa os R$ 11 milhões. O número de fraudes em benefícios subiu de 34 para 67, com prejuízo total de R$ 11.385.441,76 ao INSS. O delegado Vinicius Venturini explicou:  “As buscas foram muito exitosas. A gente encontrou farta documentação, que robustece, comprova a fraude”, disse.

O material apreendido no cumprimento dos mandados desta sexta-feira ainda será analisado. Novas diligências serão realizadas na tentativa de cumprimento das prisões preventivas. Em relação à fase anterior da operação, quando 14 de 15 mandados de prisão preventiva foram cumpridos, apenas seis envolvidos seguem presos. Todos eles atuavam como intermediários. O único foragido é o suspeito de chefiar o esquema, identificado como Rogério Vasconcelos Maciel. Novas diligências aconteceram, inclusive na última quinta-feira (11), mas o mandado de prisão preventiva segue em aberto. Sete servidores do INSS, entre eles o médico Admardo Henriques Tavares, conseguiram converter a prisão em afastamento do cargo exercido. Já o médico particular Jairo Rodrigues Perissé foi solto após o final do prazo de cinco dias da prisão temporária.

RELEMBRE

Três médicos campistas foram presos dentro da Operação Cardiopatas, deflagrada pela Polícia Federal, nesta sexta-feira(8/12), em Campos e região: Renato Rabelo Amoy (cardiologista), Jairo Rodrigues Perissé (ortopedista) e Admardo Henriques Tavares, dono de uma clínica na Pelinca e que foi candidato a vereador nas últimas eleições em Campos, um dos alvos da operação. Todos são acusados de fraudes na Previdência Social. Eles foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Campos para exame de corpo de delito e depois encaminhados para a unidade prisional. A Polícia Federal informou que “os investigados responderão pelos crimes de estelionato previdenciário, corrupção passiva e ativa, peculato e violação de sigilo funcional”, disse a PF.

Entre os envolvidos no esquema, 34 foram conduzidos à sede da Polícia Federal em Campos e um para Macaé. Destes, 15 estão presos, sendo oito intermediários, quatro técnicos do seguro social, dois médicos peritos e um médico particular. Diversos beneficiários foram conduzidos coercitivamente à sede da Polícia Federal. Eles foram ouvidos e liberados. O delegado federal Vinícius Venturini, que está à frente da Operação Cardiopatas, explicou que o inquérito é de 2013, mas a investigação foi intensificada nos últimos oito meses. Os policiais analisaram inquéritos de fraudes previdenciárias isoladas que seguiam o mesmo modus operandi (modo de operação), caracterizando a atuação de uma quadrilha.

No curso da investigação da Operação Cardiopatas, de acordo com a Polícia Federal, foram comprovadas fraudes em 34 benefícios por incapacidade, entre auxílios-doença e aposentadoria por invalidez, gerando um prejuízo apurado de pelo menos R$ 4.373.151,04 à Previdência.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato previdenciário, corrupção passiva e ativa, peculato e violação de sigilo funcional”, informou, em nota, a Polícia Federal.

MULHERES ENTRE OS PRESOS

Entre os presos na Operação da PF estão quatro mulheres, identificadas como contempladas com benefícios fraudados. Elas também passaram por exame no Instituto Médico Legal (IML antes de serem levadas para o presídio feminino Nilza da Silva Santos.

A Operação

Desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (08), agente da Polícia Federal deflagraram a Operação Cardiopatas, de combate a corrupção de servidores do INSS e a fraudes previdenciárias em Campos, São João da Barra, Italva e Casimiro de Abreu.

A ação contou com 120 policiais federais, dois analistas de inteligência previdenciária, no cumprimento de 12 mandados de prisão preventiva, três de prisão temporária, 15 de busca e apreensão e 20 de condução coercitiva.

Entre os investigados estão técnicos do seguro social, médico peritos, médicos particulares, agenciadores de benefício e clientes de organização criminosa.

Durante a investigação foram comprovadas fraudes em 34 benefícios por incapacidade, entre auxílios-doença e aposentaria por invalidez, gerando um prejuízo de pelo menos R$ 4.373.151,04 à Previdência.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato previdenciário, corrupção passiva e ativa, peculato e violação de sigilo funcional.

Segundo a PF, o nome da operação se deve ao fato de a maioria dos beneficiários associados pela organização criminosa terem simulado miocardiopatia – doença do músculo do coração – dilatada ao INSS, com base em documentos médicos ideologicamente falsificados.

PM apreende 2 Kg de maconha que homens em moto deixaram para trás

Policiais militares apreenderam aproximadamente dois quilos de maconha na tarde desta terça-feira (16) na localidade de Morro Grande, nas proximidades da Tapera, em Campos.

Segundo informações da polícia, os militares estavam em patrulhamento na entrada da Tapera quando avistaram dois homens em uma moto modelo Honda Titan, de cor vermelha, sem placa.

Ao observar a viatura, os suspeitos empreenderam em fuga e o carona jogou uma sacola fora contendo um tablete e meio de maconha. Durante o retorno, os policiais foram avisados que os homens jogaram um material no matagal e fugiram em seguida.

Buscas foram realizadas e os policiais encontraram mais um tablete de maconha. O material apreendido foi encaminhado para 134ª DP/Centro.

A ação foi realizada por policiais militares do Setor Charlie: sargentos Cleyton e Leandro.

Baleado na cabeça morre no HFM; menor baleado na perna

Atualizada em 17/01 às 08h51 – Morreu na noite desta terça-feira (16) no Hospital Ferreira Machado (HFM), um jovem identificado como Mavinho Conceição Oliveira, de 24 anos. Ele foi baleado na cabeça no bairro Boa Vista, em Guarus. Segundo a polícia, Mavinho não era morador do bairro onde ocorreu o fato.

O CASO

Um homem foi baleado na cabeça na tarde desta terça-feira (16) na Rua 05 do Conjunto Habitacional do Parque Boa Vista II, em Guarus, Campos.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, populares se depararam com o homem ferido caído na rua do bairro e acionaram os militares.

O homem, que até o momento não foi identificado, foi socorrido em estado grave para o Hospital Ferreira Machado (HFM). Ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime.

ADOLESCENTE BALEADO NA PERNA NO ELDORADO

Um adolescente de iniciais L.C.A.S., de 16 anos, foi baleado em via pública na noite desta terça-feira (16) no bairro eldorado, em Guarus, Campos. Ele foi atingido na perna direita e levado para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

A vítima informou a polícia já na unidade de saúde que estava na Rua Dois quando observou dois homens numa moto, que passaram atirando e em seguida fugiram. O jovem disse desconhecer os autores dos disparos.

O caso foi registrado na 146ª DP/Guarus.

Motorista fica ferido após colisão entre dois carros na BR-101

Um acidente na manhã desta terça-feira (16) na BR-101 (Campos-Vitória), em Campos, próximo ao Posto Novo Mundo, deixou uma pessoa ferida. A colisão envolveu um Fiat Uno e um UP , ambos de cor branca.

O motorista do Fiat Uno, que não teve o nome divulgado, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital Ferreira Machado (HFM). Ainda não há informações sobre seu estado de saúde, assim como também não foi divulgada as causas do acidente.

O caso foi registrado na 146ª DP/Guarus.

Acusado de matar casal de fazendeiros de São Fidélis é preso

Um homem, foragido do Presídio Carlos Tinoco da Fonseca, foi capturado por policiais militares do DPO de Gargaú na noite desta segunda-feira (16). Segundo a polícia, ele foi condenado a 28 anos de prisão pelo crime de latrocínio no ano de 2003, no qual vitimou um casal de fazendeiros na cidade de São Fidélis.

A polícia informou que denúncia anônima informava que o suspeito, que seria morador do Parque Cidade Luz, em Campos, estaria se escondendo e morando em Gargaú. Além disso, seria um foragido da justiça. Foi feito levantamento e o acusado foi localizado na Rua Alciolino Manhães, em Gargaú, e capturado, porém tentava enganar os militares com nome falso, porém não conseguiu levar a diante, confessou que estava foragido e que teria sido condenado a 28 anos de reclusão por latrocínio (roubo seguido de morte).

J.A.P., de 55 anos, foi conduzido a 147ª DP da cidade, onde permaneceu preso e posteriormente levado para o presídio.

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail: